• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Alemanha liberou Özil e Müller por acordo; Khedira também deve ser desfalque

  • COMPARTILHE
Esportes

Alemanha liberou Özil e Müller por acordo; Khedira também deve ser desfalque

Neste sábado, Thomas Müller e Mesut Özil, dois dos principais astros do time de Joaquim Löw, foram dispensados

Se o Brasil esperava fazer uma espécie de revanche contra a Alemanha na próxima terça-feira, em Berlim, para espantar os fantasmas da Copa de 2014, a realidade é que o time alemão não entrará em campo com sua melhor formação.

Neste sábado, Thomas Müller e Mesut Özil, dois dos principais astros do time de Joaquim Löw, foram dispensados. Havia um acordo com seus clubes de que apenas participariam de um dos amistosos disputados nesta semana. E ambos preferiram jogar contra a Espanha, na sexta-feira.

Mas o time alemão pode passar por outras três mudanças. Sami Khedira, com problemas nas costas, deve ganhar uma folga, e Ilkay Gündogan deve entrar em seu lugar.

Do time que disputou a semifinal contra o Brasil há quatro anos e marcou sete gols, apenas dois jogadores podem estar em campo: Toni Kroos e Boateng, além de Draxler e Ginter que estavam no banco em 2014.

Em entrevista publicada no site oficial da Federação Alemã de Futebol (DFB), Löw confirmou que vai usar a partida contra o Brasil para fazer testes. "Eu pretendo colocar Marvin Plattenhardt em Berlim", disse, indicando também para a entrada de Leroy Sané. "Terei pelo menos três mudanças", disse.

Nesta tarde de sábado, o treinador Tite realizará um treino já em Berlim, depois de chegar pela madrugada de Moscou, onde a seleção brasileira venceu a Rússia por 3 a 0, na sexta.