• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Aos olhos de mais de 1.000, Bolt treina no Dortmund e diz mirar elite do futebol

  • COMPARTILHE
Esportes

Aos olhos de mais de 1.000, Bolt treina no Dortmund e diz mirar elite do futebol

Depois do treino, o jamaicano deu autógrafos e tirou fotos com os torcedores presentes

Com a ambição real de vir a se tornar um jogador profissional de futebol depois de ter se aposentado do atletismo no ano passado, Usain Bolt atraiu a presença de mais de mil pessoas ao CT do Borussia Dortmund, nesta sexta-feira pela manhã, quando participou do treino que a equipe alemã realizou no gramado e conheceu outras instalações e departamentos do clube.

Patrocinado há bastante tempo pela Puma, marca que fornece o material esportivo do Borussia, o astro jamaicano de 31 anos já havia revelado, em janeiro, que marcaria presença em um treinamento do time neste mês. Recordista do mundo das provas do 100m e 200m, em uma consagrada carreira com oito ouros olímpicos e 11 medalhas douradas em Mundiais, o ex-velocista aproveitou a sua ilustre aparição desta sexta para reforçar o seu desejo de vir a atuar na elite do futebol, embora nunca tenha jogado profissionalmente no esporte mais popular do planeta.

"Quero jogar um grande campeonato, não em uma divisão inferior", assegurou Bolt, deixando a modéstia de lado ao tentar ingressar em uma nova modalidade. "Meu objetivo é jogar em uma das melhores ligas do mundo. É por isso que estou aqui", destacou.

A simples participação do jamaicano no treino do time de Dortmund desta sexta-feira também atraiu a presença de 150 jornalistas a uma atividade que contaria com um número muito menor de profissionais de imprensa se ele não estivesse lá, até pelo fato de que a equipe só voltará a atuar no próximo dia 31, em um clássico contra o Bayern de Munique no qual o time bávaro poderá assegurar o título do Campeonato Alemão.

Dentro do gramado, Bolt participou de alguns exercícios sob o comando do técnico Peter Stöger e trocou passes com jogadores do Borussia, entre eles o ídolo Mario Götze, em um treino de baixa intensidade na manhã desta sexta.

Por causa da presença do astro, o clube alemão transmitiu a atividade ao vivo por meio do seu site oficial, com comentários em inglês. Depois do treino, ele deu autógrafos aos torcedores e posou para fotos. E este já foi o segundo treinamento do jamaicano na equipe de Dortmund, que confirmou nesta sexta-feira que no dia anterior ele marcou presença em um outro trabalho realizado com portões fechados para a imprensa.

"Foi bom. Eu me diverti com os caras e eles me receberam muito bem", destacou Bolt, se referindo aos jogadores do Borussia, no qual o treinador Peter Stöger foi simpático e ao mesmo tempo realista ao ser questionado sobre a possibilidade de o jamaicano se tornar um jogador profissional. "O principal é ver que ele ama este esporte e entende o jogo. Mas, se quer alcançar o alto nível, tem ainda muito por fazer", disse.

Antes destes treinos no time alemão, Bolt havia participado na quarta-feira de uma partida beneficente de futebol, promovida pela marca de relógios Hublot em um pequeno gramado sintético na Basileia, na Suíça. Na ocasião, ele dividiu as atenções com nomes como o do ex-jogador Diego Maradona, do ex-lateral brasileiro Roberto Carlos e do técnico do Manchester United, José Mourinho.

Torcedor assumido do Manchester United, o jamaicano disse em tom de brincadeira, após o evento, esperar que a sua aparição no treino do Borussia leve o clube inglês a contratá-lo para atuar pela equipe profissionalmente.