• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após promessa garantir empate no clássico, Jair exalta qualidade da base santista

  • COMPARTILHE
Esportes

Após promessa garantir empate no clássico, Jair exalta qualidade da base santista

O técnico Jair Ventura elogiou os jogadores revelados pelo Santos, após o empate contra o Corinthians, por 1 a 1, neste domingo, no Pacaembu. O gol de empate saiu aos 41 minutos do segundo tempo, com Diogo Vitor, de 21 anos. Foi o primeiro gol dele como profissional.

"Acho que ninguém no Brasil joga com tantos jogadores da base. Nós inscrevemos 15 da base na Libertadores, e hoje terminamos com oito da base. A gente está procurando soluções em casa. A base é muito forte e a torcida abraça", explicou Jair, em entrevista voletiva após o confronto válido pelo Campeonato Paulista.

"A qualidade do Diogo é enorme, não tem como ser hipócrita. É um jogador que já acompanhava desde o Santos B. Quando tive a chance de vir para o Santos, falei que queria esse garoto comigo. Quando cheguei, estava ele naquela situação de renovar ou não (contrato). Não foi fácil, o nosso presidente (José Carlos Peres) está de parabéns por ter conseguido. Espero que ele possa continuar no caminho certo, é uma joia, todos sabem que tem de ser lapidado", completou.

O treinador também elogiou a disposição e o condicionamento físico dos jogadores, que passaram boa parte do jogo correndo atrás do empate contra o Corinthians. Na quinta-feira, o Santos estreou (e perdeu) na Libertadores, jogando em Cuzco, no Peru. Na volta ao Brasil, o treinador também teve pouco tempo para preparar o time para o clássico.

"Nós fomos valentes, conseguimos. A torcida foi o nosso 12º jogador. Temos certeza de que se o torcedor não estivesse aqui não seria assim. Só quem viaja sabe como é o cansaço. Tivemos forçar para lutar e poderíamos ter saído com a vitória. Vamos sentar com a fisiologia e ver os jogadores que estão com os indicadores altos (de risco de sofrer lesão se não forem poupados). O Rodrygo saiu com cãibra, o Jean levou a mão à perna. Se tiver que poupar, temos que fazer pela integridade dos atletas", ressaltou o comandante, já projetando a montagem da equipe que enfrentará o Novorizontino na próxima quarta-feira, às 19h30, fora de casa, pela 11ª rodada do Paulistão.