• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após queda na Copa do Brasil, Flu tenta se reabilitar na rodada final da Taça Rio

  • COMPARTILHE
Esportes

Após queda na Copa do Brasil, Flu tenta se reabilitar na rodada final da Taça Rio

Eliminado precocemente da Copa do Brasil, o Fluminense ao menos está relativamente tranquilo no Campeonato Carioca. Já garantido para a semifinal geral do Estadual, o time encara a Cabofriense neste domingo pela última rodada da Taça Rio virtualmente classificado também para a semifinal do segundo turno. Por isso, é provável que o técnico Abel Braga poupe alguns titulares para o jogo que começa às 16 horas.

Quem deverá ganhar chance é o volante Airton, que está afastado há nove meses dos gramados. O jogador fraturou o tornozelo no ano passado, quando ainda defendia o Botafogo. Sem esconder a ansiedade, chegou a dizer que está "110% pronto para a partida".

"É complicado passar por cirurgia. Eu estava em um momento muito bom da carreira, mas já passou e estou bem", disse Airton. "Contei com apoio da minha família e de amigos próximos. Foi um momento difícil para a cabeça, que ninguém gosta de passar. Quero que chegue logo domingo para poder estrear e ajudar o Fluminense", afirmou, na sexta-feira, em entrevista coletiva.

Quem também pode ganhar uma chance é o goleiro uruguaio Guillermo De Amores, que está recuperado de uma lesão na panturrilha. Ele já treina normalmente e pode aparecer na partida.

A Cabofriense, por sua vez, vai motivada para o jogo. Depois de um início ruim na Taça Rio, o time emendou três vitórias consecutivas e tem chances reais de se classificar para a semifinal do torneio. Para tanto, precisa vencer e torcer por um tropeço de Vasco ou Flamengo. Se empatar com o Flu, a equipe avança na Taça Rio em caso de derrota de um dos grandes.