• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Atlético-MG faz 1 a 0 no América-MG e larga em vantagem na semifinal

  • COMPARTILHE
Esportes

Atlético-MG faz 1 a 0 no América-MG e larga em vantagem na semifinal

O Atlético-MG largou em vantagem nas semifinais do Campeonato Mineiro, nesta quinta-feira. Em um confronto extremamente equilibrado com o América-MG, repleto de altos e baixos de ambos os lados, o time alvinegro foi mais preciso para aproveitar a chance com Cazares e fazer 1 a 0, no Independência.

O resultado fez o Atlético-MG cumprir o objetivo de reverter a vantagem de dois empates, que era do América-MG. Agora, é o time alvinegro que jogará por uma igualdade no duelo de volta, domingo, novamente no Independência. Ao adversário, resta vencer por qualquer placar.

O Atlético-MG começou dono do jogo e assustou logo com dois minutos, com Ricardo Oliveira, que arriscou da ponta da área e parou em Jory. Após uma breve reação do América-MG, o time atleticano voltou a dominar completamente a posse, ocupar o campo de ataque, mas com dificuldade na criação.

Erik e Ricardo Oliveira eram inoperantes, enquanto Luan era o mais lúcido no setor ofensivo. Aos 33 minutos, ele deu enfiada perfeita para Patric, que chegou na linha de fundo tocando para trás. Erik passou pela bola e Ricardo Oliveira bateu de primeira, sozinho, para fora.

Em noite ruim, Ricardo Oliveira ainda tentou de longe aos 39, mas foi o América-MG que marcou no fim do primeiro tempo. Após cruzamento da direita, Norberto tentou o desvio e Aylon, em posição irregular, tocou para a rede. O auxiliar assinalou impedimento polêmico, entendendo que o zagueiro conseguiu resvalar na bola antes do centroavante concluir.

Se não tirou o zero do placar, o lance embalou o América-MG, que voltou muito melhor para o segundo tempo. Sufocante e com amplo domínio da posse, o time voltou a ter um gol anulado aos três minutos. Após cobrança de escanteio pela direita, Rafael Lima subiu e tocou de cabeça cruzado. A bola entraria, mas Rafael Moura, em posição irregular, colocou o pé direito nela e empurrou para a rede, anulando o gol.

O América-MG encurralava o adversário e quase marcou aos 13, quando Rafael Moura recebeu na área e ajeitou para Serginho bater forte. Victor defendeu. O Atlético-MG só melhorou quando Thiago Larghi tirou Erik e Elias e colocou Otero e Gustavo Blanco. Na sequência, Luan ganhou dividida, invadiu a área e bateu com perigo.

Seria pela esquerda que o Atlético-MG marcaria. Aos 30 minutos, Luan recebeu pelo setor e tocou para Cazares, que não conseguiu dominar. A sobra ficou com Zé Ricardo, que errou e deixou para o equatoriano bater no canto direito de Jory. A partir daí, o time alvinegro mostrou sua experiência para diminuir o ritmo da partida. E ainda teve uma última chance para ampliar, mas Cazares desperdiçou aos 43.