• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Botafogo se recupera de derrota no clássico e bate o Bangu com golaço de Pimpão

  • COMPARTILHE
Esportes

Botafogo se recupera de derrota no clássico e bate o Bangu com golaço de Pimpão

O Botafogo se recuperou da derrota no clássico de sábado para o Flamengo e voltou a vencer nesta terça-feira, na abertura da quarta rodada da Taça Rio. Em um confronto morno e diante de menos de dois mil pagantes, o brilho do triunfo por 1 a 0 sobre o Bangu, no Engenhão, ficou por conta do lindo gol de Rodrigo Pimpão no início do segundo tempo.

O resultado levou o Botafogo a nove pontos, na segunda colocação do Grupo C. No domingo, a equipe visita o Volta Redonda no Raulino de Oliveira. Já o Bangu parou nos dois pontos, é o quarto colocado do Grupo B e pode terminar a rodada na lanterna. No sábado, pega o Boavista em Bacaxá.

O time da casa começou melhor nesta terça, com toque de bola rápido pelos lados do campo, e chegou a marcar o primeiro aos três minutos, em cruzamento que Kieza completou de cabeça. Mas a arbitragem assinalou impedimento polêmico. Pouco depois, Leo Valencia levou perigo em chute de longe, que parou em Célio Gabriel.

O bom início botafoguense logo foi interrompido por uma nova postura do Bangu, que adiantou a marcação e forçou erros dos defensores adversários. Everton Sena passou a chegar bem no ataque e assustou em duas oportunidades: aos 30, arriscou e exigiu boa defesa de Gatito, e aos 31, bateu cruzado e viu Tássio chegar um pouco atrasado.

O Botafogo só voltou a levar perigo nos minutos finais, abusando dos lançamentos longos. Um deles encontrou João Paulo na área, o meia dominou e bateu de esquerda. A bola desviou e passou rente ao travessão.

O Bangu foi o primeiro a chegar no segundo tempo, com Jairinho. Gatito salvou. Mas na primeira ida ao ataque, o Botafogo abriu o placar. Aos 10 minutos, Pimpão invadiu a área pela esquerda, cortou o marcador e encheu o pé no ângulo, sem chances para o goleiro.

O gol deu tranquilidade aos donos da casa, que perderam duas ótimas oportunidades na sequência. Aos 14, Kieza ganhou dividida na área e bateu mesmo com pouco ângulo, para fora. Pouco depois, ele preferiu tentar servir o companheiro e deixou Luiz Fernando em ótimas condições, mas a defesa chegou junto e o meia se atrapalhou ao bater à esquerda.

Sem nada a perder, o Bangu se lançou ao ataque e assustou em lindo voleio de Michel, que passou muito perto. Luiz Henrique e Oliveira ainda tiveram bons momentos, mas o time perdeu o ímpeto nos minutos finais.

Por outro lado, o Botafogo errou muitos passes fáceis e não soube se aproveitar dos muitos espaços deixados pelos visitantes. Marcos Vinícius ainda quase marcou um lindo gol nos minutos finais, mas Célio Gabriel fez grande defesa com o pé e impediu o segundo.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 1 X 0 BANGU

BOTAFOGO - Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, João Paulo e Léo Valencia (Marcos Vinícius); Ezequiel (Marcelo), Rodrigo Pimpão (Luiz Fernando) e Kieza. Técnico: Alberto Valentim.

BANGU - Célio Gabriel; Valdir, Michel, Oliveira e Leonardo Jesus (Guilherme); Marcos Júnior, Magno, Everton Sena e Éberson (Luiz Henrique); Marquinhos e Tássio (Jairinho). Técnico: Alfredo Sampaio.

GOL - Rodrigo Pimpão, aos 10 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Marcelo (Botafogo); Marcos Júnior, Tássio, Leonardo Jesus, Marquinhos, Oliveira (Bangu).

RENDA - R$ 30.340,00.

PÚBLICO - 1.774 pagantes (1.978 presentes).

LOCAL - Estádio Engenhão, no Rio (RJ).