• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Campeão de Acapulco, Del Potro sobe para o 8º lugar do ranking

  • COMPARTILHE
Esportes

Campeão de Acapulco, Del Potro sobe para o 8º lugar do ranking

Campeão do Torneio de Acapulco, no México, o tenista argentino Juan Martín del Potro foi um dos destaques da atualização do ranking da ATP, nesta segunda-feira. Ele ganhou uma posição na lista e agora aparece na oitava colocação, desbancando o sul-africano Kevin Anderson para o nono posto. Outros campeões no fim de semana, o italiano Fabio Fognini e o espanhol Roberto Bautista Agut também subiram na lista da ATP.

Com o título na quadra dura de Acapulco, Del Potro se aproximou do Top 5. Ele tem 3.200 pontos, cada vez mais perto do alemão Alexander Zverev, quinto colocado, com 4.540. Entre eles está o austríaco Dominic Thiem, sexto colocado, e o belga David Goffin, sétimo. O norte-americano Jack Sock fecha o Top 10.

A liderança segue com o suíço Roger Federer, agora com vantagem maior sobre o espanhol Rafael Nadal, que não defendeu seus pontos em Acapulco. O líder tem agora uma dianteira de 600 pontos sobre o rival. Para sustentar a posição, Federer precisa ao menos chegar às semifinais do Masters 1000 de Indian Wells, que terá início na quinta-feira - o suíço defende os pontos do título do ano passado.

Entre os campeões do fim de semana, Fognini ganhou uma posição, passando de 20º para o 19º, após ganhar o Brasil Open, em São Paulo, no domingo. Bautista Agut subiu mais. Foram sete colocações, que o levaram até a 16ª posição.

Afastado do circuito desde o Aberto da Austrália, o sérvio Novak Djokovic segue na 13ª posição. Em situação semelhante, porém distante das competições há mais tempo, o escocês Andy Murray caiu oito posições e figura agora na 29ª. Com esta queda, ele deixou de ser o número 1 britânico, algo que não acontecia desde julho de 2006. O novo nº 1 da Grã-Bretanha é Kyle Edmund, no 24º posto.

Entre os brasileiros, Rogério Dutra Silva e Thiago Monteiro voltaram a subir na lista, enquanto Thomaz Bellucci perdeu posições. Rogerinho ganhou dois postos, para o 104º, após fazer quartas de final no Brasil Open - se tivesse alcançado a semifinal, teria voltado ao Top 100. Monteiro, por sua vez, subiu uma posição, para 124º. Bellucci caiu uma colocação, para 133º.

O destaque foi Guilherme Clezar, que galgou 14 posições. Ele alcançou o 211º posto após vencer sua primeira partida de nível ATP, no Brasil Open, justamente sobre Monteiro, na semana passada. Antes havia furado o qualifying no saibro de São Paulo.

Confira a lista dos 20 primeiros colocados do ranking:

1.º - Roger Federer (SUI), 10.060 pontos

2.º - Rafael Nadal (ESP), 9.460

3.º - Marin Cilic (CRO), 4.870

4.º - Grigor Dimitrov (BUL), 4.635

5.º - Alexander Zverev (ALE), 4.540

6.º - Dominic Thiem (AUT), 3.810

7.º - David Goffin (BEL), 3.280

8.º - Juan Martín del Potro (ARG), 3.200

8.º - Kevin Anderson (AFS), 3.080

10.º - Jack Sock (EUA), 2.650

11.º - Stan Wawrinka (SUI), 2.475

12.º - Lucas Pouille (FRA), 2.455

13.º - Novak Djokovic (SER), 2.380

14.º - Pablo Carreño Busta (ESP), 2.315

15.º - Tomas Berdych (RCH), 2.275

16.º - Roberto Bautista Agut (ESP), 2.255

17.º - Diego Schwartzman (ARG), 2.220

18.º - John Isner (EUA), 2.205

19.º - Fabio Fognini (ITA), 2.190

20.º - Nick Kyrgios (AUS), 2.125

104.º - Rogério Dutra Silva (BRA), 561

124.º - Thiago Monteiro (BRA), 458

133.º - Thomaz Bellucci (BRA), 418

211.º - Guilherme Clezar (BRA), 257