• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com Gabriel suspenso, Carille tem dúvida entre dois estreantes no Corinthians

  • COMPARTILHE
Esportes

Com Gabriel suspenso, Carille tem dúvida entre dois estreantes no Corinthians

O técnico do Corinthians, Fábio Carille, perdeu o volante Gabriel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, para a partida contra o Mirassol, quarta-feira, no Itaquerão. Assim, o treinador corintiano está em dúvida entre dois possíveis estreantes para entrar no time. O lateral-esquerdo Sidcley ou o volante Ralf. A definição só deve ocorrer no treinamento de terça-feira à tarde, no CT Joaquim Grava.

Caso decida escolher Sidcley, que será apresentado nesta segunda-feira, o volante Maycon, que vem atuando pela esquerda, será deslocado para sua posição de origem e abrirá espaço para o jogador que veio por empréstimo do Atlético-PR.

Por outro lado, se preferir não mexer muito no esquema, manter Maycon na esquerda e apenas colocar Ralf na função de Gabriel, o experiente volante fará sua reestreia pelo time alvinegra. Essa, inclusive, parece ser a opção mais provável.

"O Sidcley vinha treinando normalmente no Atlético-PR. O único problema que tenho de discutir com a comissão é o entrosamento. Temos dois jogos para começar a segunda fase e não é o momento de tantas experiências assim. Mas vamos discutir bem porque na outra semana já começa a segunda fase", alertou o comandante corintiano.

Ralf defendeu o Corinthians entre 2010 e 2015, quando foi para o Beijing Guoan, da China. O jogador não disputa uma partida oficial desde novembro, mas tem demonstrado boa condição física nos treinamentos, tanto que tem ficado como opção no banco de reservas. Quanto a Sidcley, ele era reserva no Atlético-PR e chegou por empréstimo de um ano para tentar suprir a carência de jogadores na posição.

O Corinthians contratou Juninho Capixaba no início do ano, mas o jogador que veio do Bahia não conseguiu dar conta do recado. Assim como o garoto Guilherme Romão, da base, que também foi testado no setor, mas não caiu nas graças do treinador.