• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com time misto, Grêmio empata com o Avenida e se garante na final do Gaúcho

  • COMPARTILHE
Esportes

Com time misto, Grêmio empata com o Avenida e se garante na final do Gaúcho

O Grêmio voltará a disputar a final do Campeonato Gaúcho em 2018, podendo vencer uma competição que não ganha desde 2010. Após chegar a correr risco de rebaixamento nesta edição do torneio, o time se recuperou, eliminou o rival Internacional nas quartas de final e, nesta quarta-feira, confirmou o seu favoritismo nas semifinais. Diante do Avenida, nem precisou fazer muito esforço, "cumpriu tabela" e empatou por 1 a 1 na sua arena para se garantir na decisão.

Na final do Gaúcho, o Grêmio terá pela frente o Brasil de Pelotas. Também, nesta quarta, no Estádio Bento de Freitas, o time empatou por 1 a 1 com o São José e avançou ao superar o adversário na disputa de pênaltis por 4 a 3. O primeiro duelo será neste domingo na Arena do Grêmio. E a finalíssima está marcada para uma semana depois em Pelotas.

Com a larga vantagem conquistada no jogo de ida, o Grêmio entrou em campo com uma formação mista, com o técnico Renato Gaúcho dando chance a alguns reservas que chegaram ao clube neste início de temporada, como Maicosuel e Hernane, e poupando Marcelo Grohe, Léo Moura, Ramiro, Everton e Jael. Ainda assim, o Grêmio nem demorou para se impor no jogo, a ponto de quase ter aberto o placar com Alison logo aos dois minutos. E o destaque da etapa inicial foi a dupla de volantes formada por Arthur e Maicon, que ditou o ritmo do duelo.

O Avenida tentava se defender como podia e até ameaçou em um chute de longe de Alexandre, mas dava muitos espaços para o Grêmio. E Arthur aproveitou aos 30 minutos. Após cobrança de lateral, Hernanes passou para o volante bater forte, no canto direito da defesa adversária. Ele quase marcou outra vez antes do intervalo, aos 35, em chute da intermediária. E ainda houve tempo para Madson desperdiçar uma boa oportunidade em uma etapa inicial completamente dominada pelo Grêmio.

O duelo continuou sob o controle do time no início do segundo tempo, a ponto de se dar ao luxo de perder uma chance clara de gol com Alisson. E o time acabou sendo vazado mais uma vez em jogada aérea, aos 18 minutos, por Diego Torres, que marcou de cabeça após cruzamento de Itaqui. Coincidência ou não, Renato resolveu, logo na sequência, colocar Jael em campo. E logo no seu primeiro lance ele quase marcou de cabeça, após cruzamento de Alisson.

Esses lances exemplificaram bem o que foi o segundo tempo da partida em Porto Alegre. Na frente, mesmo em ritmo lento, o Grêmio desperdiçava várias chances, sendo a melhor delas em um cabeceio de Madson após uma linda jogada individual de Luan. Mais atrás, cedia espaços para o Avenida, que também não aproveitava. Assim, a partida terminou empatada. Mas foi mais do que suficiente para colocar o Grêmio na decisão do Estadual.