• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Convocado após quase dois anos, Wilshere se machuca e desfalcará Inglaterra

  • COMPARTILHE
Esportes

Convocado após quase dois anos, Wilshere se machuca e desfalcará Inglaterra

O meio-campista Jack Wilshere desfalcará a Inglaterra no amistoso contra a Holanda na sexta-feira, em Amsterdam. O jogador havia retornado para a seleção após quase dois anos fora, mas sentiu dores no joelho e nem viajou com a delegação.

O departamento médico da equipe inglesa, no entanto, acredita que ele se recuperará a tempo para o duelo contra a Itália na próxima terça-feira. A última vez que o jogador do Arsenal entrou em campo pela Inglaterra foi na derrota para a Islândia por 2 a 1, que custou a eliminação nas oitavas de final da Eurocopa de 2016.

"Não é uma lesão exatamente. Ele sente um incômodo na região e ele precisará de repouso por alguns dias", afirmou o técnico da seleção inglesa, Gareth Southgate. "Esperamos que se recupere rapidamente. Ele ficou bastante desapontado."

Apesar de ter apenas 26 anos, Wilshere convive com problemas contínuos de lesão. Durante a carreira, ele enfrentou por diversas vezes contusões no tornozelo. É a segunda baixa de Southgate para a partida. Quando anunciou a convocação da Inglaterra para os amistosos, ele já não pôde chamar o atacante Harry Kane, do Tottenham, que está lesionado e só poderá voltar a jogar no próximo mês.

Na coletiva desta quinta-feira, Southgate também falou sobre o temor de torcedores ingleses irem assistir à Copa do Mundo na Rússia devido à tensão diplomática entre os dois países. "Se fosse torcedor, iria", disse. "Já fui à Rússia e me senti incrivelmente confortável por lá. Mas cabe a cada um decidir se vale à pena ou não", afirmou.

Na quarta-feira, o secretário de Relações Exteriores britânico, Boris Johnson, disse que precisaria manter conversas com o governo russo e com a Fifa sobre a segurança dos torcedores ingleses durante a Copa.

A relação entre os dois países estremeceu por conta do envenenamento do ex-espião Sergei Skripal e a subsequente expulsão de 23 diplomatas russos de Londres. Por conta disso, o governo britânico informou que não enviará representante para o jogo de abertura da Copa do Mundo, que acontecerá em 14 de junho, em Moscou.

A Inglaterra integra o Grupo G do Mundial, que também conta com Bélgica, Panamá e Tunísia. A estreia do time inglês será contra os tunisianos, em Volgogrado, no dia 18 de junho.