• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Correção: Jefferson comemora volta ao Botafogo e minimiza braçadeira de capitão

  • COMPARTILHE
Esportes

Correção: Jefferson comemora volta ao Botafogo e minimiza braçadeira de capitão

A nota enviada anteriormente tinha um erro no primeiro e no quinto parágrafos. O Botafogo fez a semifinal da Taça Guanabara com o Flamengo e não a final. Segue a versão corrigida:

Jefferson voltará ao gol do Botafogo na decisão da Taça Rio contra o Fluminense, domingo, no Maracanã. A última partida em que ele havia atuado pelo time alvinegro também havia sido em um clássico de caráter decisivo, pelas semifinais da Taça Guanabara, diante do Flamengo.

O veterano de 35 anos ficou afastado por lesão, mas depois que se recuperou teve que se contentar com o banco de reservas. No entanto, a convocação de Gatito Fernández pela seleção paraguaia abriu novamente espaço para Jefferson.

Nesta sexta-feira, ele concedeu entrevista coletiva e falou sobre a expectativa de retornar aos gramados. "Estou feliz. É um jogo decisivo, que todos os jogadores gostariam de estar nesse grande palco. Estou preparado para, se Deus quiser, comemorarmos esse título no domingo", disse.

O goleiro também evitou entrar em polêmica sobre a braçadeira de capitão. "Vou ser sincero, a minha liderança aqui no Botafogo vai além da braçadeira. Tenho uma liderança interna aqui, todo mundo me respeita e acho isso bacana. Não acho determinante ser capitão nesse jogo, estou voltando ao time e o (Alberto) Valentim tem seus líderes", afirmou.

O Botafogo perdeu a semifinal do primeiro turno para o Flamengo e agora tenta vencer o segundo, que lhe garantiria um lugar na semifinal do Campeonato Carioca, com direito a jogar pelo empate. Para Jefferson, a partida tem um sabor especial, já que ele deve se aposentar ao término da temporada.

"Vale muito, principalmente nesse ano que é mais que especial para mim. Se Deus quiser será nosso quarto título de Taça Rio e estou concentrado para continuar levantando o caneco aqui no Botafogo. Tenho certeza que será uma grande final."

Depois que disse que deixaria o futebol no final do ano, Jefferson brincou e disse que as pessoas mudaram a maneira de olhar para ele. "Alguns ainda não acreditam, mas quero buscar essa conquista com o Botafogo, fazer história e buscar ser o terceiro que mais atuou com essa camisa. Quero encerrar fazendo história", afirmou.