• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

David Braz desabafa e pede respeito ao Santos: 'Falaram que iríamos ser goleados'

  • COMPARTILHE
Esportes

David Braz desabafa e pede respeito ao Santos: 'Falaram que iríamos ser goleados'

A palavra "orgulho" permeou o discurso de vários jogadores do Santos após a eliminação nas semifinais do Campeonato Paulista, definida na disputa de pênaltis, vencida por 5 a 3 pelo Palmeiras na noite de terça-feira, após a equipe triunfar por 2 a 1 no Pacaembu. Um dos líderes do elenco, o zagueiro David Braz a utilizou em tom de desabafo, cobrando mais respeito ao grupo da equipe da Vila Belmiro.

"Um time que algumas pessoas desacreditam, mas é o time que sempre mostra que é gigante nos pequenos momentos de dificuldades. Jogando contra todos e tudo, falaram e pensaram que iríamos ser goleados. 'Calma! Só não esqueçam que aqui é o Santos Futebol Clube, bi mundial e com suas lindas histórias", escreveu em seu perfil no Instagram.

Após a perda de várias referências do elenco, como Lucas Lima, Zeca e Ricardo Oliveira, e poucas contratações, o Santos começou a temporada sob desconfiança. E o time fez uma campanha bastante irregular no Paulistão, com apenas 18 pontos somados nos 12 jogos da primeira fase. Depois, nas quartas de final, avançou na disputa de pênaltis após duas igualdades em 0 a 0 com o Botafogo de Ribeirão Preto. Já no confronto com o Palmeiras, perdeu o primeiro duelo por 1 a 0 e venceu o segundo por 2 a 1, antes de cair nos pênaltis.

David Braz lembrou, porém, que o time fez jogo duro com o Palmeiras, mesmo tendo que apostar em jovens recém-promovidos aos profissionais. "Jogamos com muitos meninos da Vila com muita personalidade contra um time que vinha embalado de bons resultados e favorito para muitos aí", disse.

Além disso, David Braz prometeu que o Santos dará alegrias aos seus torcedores na sequência da temporada. "Estamos chateados por não ter chegado a essa final da Paulistão 2018. Mas fortalecido pra continuar fazendo lindas histórias para o Santos Futebol Clube. Obrigado, meus companheiros, por lutarem comigo até o último minuto. Como eu já falei, coisas boas irão acontecer para esse grupo", concluiu.