• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Em vantagem, Fluminense coloca série invicta em clássicos à prova contra o Vasco

  • COMPARTILHE
Esportes

Em vantagem, Fluminense coloca série invicta em clássicos à prova contra o Vasco

Fluminense tem a vantagem do empate por ter vencido a Taça Rio. A partida acontece nesta quinta-feira (29), no Maracanã, e o vencedor encara o Botafogo na final

Fluminense e Vasco decidem nesta quinta-feira, às 21 horas, no Maracanã, uma vaga para a final do Campeonato Carioca. Por ter vencido a Taça Rio, o time tricolor tem a vantagem de jogar pelo empate.

Assim, se o Fluminense mantiver o retrospecto em clássicos até aqui, sairá com uma vaga para a decisão do Estadual. Isso porque a equipe do técnico Abel Braga está invicta nos duelos contra seus principais rivais. São duas vitórias: 4 a 0 no Flamengo e 3 a 0 no Botafogo, e três empates, contra Botafogo (0 a 0), Vasco (0 a 0) e Flamengo (1 a 1).

O técnico Abel Braga destacou ainda que a formação considerada titular da equipe está invicta na competição. "O único jogo que perdeu era uma equipe 'B+C' (3 a 1 para o Boavista na primeira rodada da Taça Guanabara). Esse coletivo forte se supera", declarou.

O Vasco vem de derrota em seu mais recente clássico. Perdeu para o Botafogo por 3 a 2, o que custou a eliminação na semifinal da Taça Rio. Antes, no entanto, vinha de uma vitória por 3 a 2 sobre o Botafogo e dois empates sem gols, contra Fluminense e Flamengo.



O técnico Zé Ricardo minimizou o histórico das duas equipes e também não deu tanta importância para a vantagem do Fluminense. "É difícil jogar pelo empate. A vantagem é boa, mas isso se mostra mais evidente na parte final da partida. Não tem favorito por ser clássico e acredito que Fluminense não jogue pensando na vantagem", disse.

Para a partida, os dois treinadores utilizaram o departamento médico para esconder a escalação das equipes. Pelo lado do Fluminense, Abel Braga não confirmou as presenças do meia Sornoza e do atacante Marcos Junior. Ambos se machucaram na vitória por 3 a 0 sobre o Botafogo no último domingo, o que garantiu ao time o título do segundo turno.

O equatoriano sofreu um entorse no joelho esquerdo. Se ele não entrar em campo, o treinador tem como opções Luquinhas e o volante Douglas, improvisado. Marcos Junior torceu o tornozelo direito e se for vetado pode dar lugar a Pablo Dyego ou Robinho.

O técnico Zé Ricardo contou na quarta-feira com a volta aos treinos dos meias Evander, Giovanni Augusto e Wagner, além do atacante Paulinho. Os quatro estavam no departamento médico. Desses, Evander e Paulinho podem aparecer no time titular.

O treinador vascaíno também deixou em aberto a possibilidade de entrar em campo com três zagueiros. No empate sem gols contra o Fluminense pela sexta rodada da Taça Rio, Zé Ricardo optou por colocar o time no 3-5-2 para espelhar a forma do adversário jogar. Caso opte por essa formação Werley deve reforçar o setor defensivo na vaga de Paulinho.