• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Internacional empata com o Cruzeiro, mas permanece na liderança do Gaúcho

  • COMPARTILHE
Esportes

Internacional empata com o Cruzeiro, mas permanece na liderança do Gaúcho

O Internacional tentou de todas as formas furar a marcação do Cruzeiro, mas ficou apenas no empate por 0 a 0, no estádio Antônio Vieira Ramos, em Gravataí. Mesmo com o resultado ruim, o time está na liderança do Campeonato Gaúcho, com 18 pontos, e tentará mantê-la em seu último compromisso, domingo, diante do Grêmio, no Beira-Rio.

Atuando com os jogadores reservas, o Inter completou quatro jogos sem marcar, o que preocupa o técnico Odair Hellman. Com nove pontos, o Cruzeiro segue ameaçado pelo rebaixamento, na décima posição.

No começo, o jogo foi truncado, com os dois times errando passes fáceis e demorando para criar uma oportunidade de perigo. Com 29 minutos, ela finalmente apareceu. Em cobrança de escanteio, Kozlowski subiu mais que a marcação e testou firme, mas a bola saiu pela linha de fundo, próximo da trave do Inter. A resposta veio aos 33, quando Roger balançou as redes, mas o árbitro anulou o lance, alegando impedimento no momento do passe de Juan.

Ainda no primeiro tempo, aos 39, Kozlowski repetiu a mesma jogada para o Cruzeiro, venceu o Moledo pelo alto e cabeceou contra Marcelo Lomba, mas a bola novamente foi para fora. Nico Lopez teve a oportunidade de mudar a história do jogo no minuto seguinte, aos 40, quando reparou que Deivity estava adiantado e tentou bater de longe para encobrir o goleiro, mas também errou. No finalzinho, aos 46, Lomba defendeu um lindo chute de França.

O segundo tempo foi um show de gols perdidos pelo Inter. Com apenas cinco minutos já teve duas oportunidades de abrir o placar. Aos três, Juan Alano recebeu de Nico Lopez e bateu cruzado, mas a marcação cortou. Depois foi a vez de Winck cobrar uma falta com força no canto esquerdo de Deivity, que espalmou para fora. A reposta do Cruzeiro veio com 23 minutos, em um chute colocado de João Guilherme, também pela linha de fundo.

A oportunidade mais clara - e também mais bizarra - aconteceu aos 29 minutos, em uma jogada que teve de tudo. Deivity saiu muito mal do gol, não conseguiu afastar a bola e ela sobrou na cabeça de Moledo de frente para a meta. Em condição de marcar, o zagueiro testou por cima do travessão. No último lance, com 48 minutos, Wagner conseguiu marcar para o Cruzeiro, mas ele estava em posição de impedimento. Assim, o jogo em Gravataí terminou mesmo sem gols.