• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Jair Ventura admite que time do Santos sentiu o desgaste físico em Ribeirão Preto

  • COMPARTILHE
Esportes

Jair Ventura admite que time do Santos sentiu o desgaste físico em Ribeirão Preto

Faltou fôlego ao Santos no primeiro confronto das quartas de final do Campeonato Paulista. Após o empate por 0 a 0 com o Botafogo, na noite deste domingo, em Ribeirão Preto, o técnico Jair Ventura reconheceu que o time não fez uma boa partida.

Para o comandante, o alvinegro sentiu o desgaste físico e o pouco tempo de recuperação após duelo com o Nacional, na última quinta-feira, no Pacaembu, pela Copa Libertadores, quando jogou mais da metade da partida com dez jogadores, após a expulsão de Gabriel nos minutos finais do primeiro tempo.

Em Ribeirão, o Santos começou em um ritmo alucinante, mas, ainda na etapa inicial, caiu de produção. Esteve pouco inspirado e longe da sua capacidade de criação. "Jogamos com um a menos na Libertadores, desgastados, contra um time multicampeão. Vencemos a partida com um a menos. O desgaste foi grande", analisou o treinador, em entrevista coletiva.

No jogo da volta, quarta-feira, na Vila Belmiro, o Santos vai precisar vencer para avançar às semifinais. Em caso de novo empate, a decisão vai para os pênaltis. A melhor chance santista na partida deste domingo aconteceu ainda no primeiro tempo, quando Rodrygo acertou a trave.

"Ele teve uma chance clara e não conseguiu fazer. Mas é difícil fazer gol em todos os jogos. Ele tem personalidade e está preparado para ser mais um craque formado pelo Santos", minimizou Ventura ao comentar o lance envolvendo o jovem de apenas 17 anos.