• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Kerber e Azarenka vencem e vão às oitavas de final em Miami

  • COMPARTILHE
Esportes

Kerber e Azarenka vencem e vão às oitavas de final em Miami

Ex-líderes do ranking, a alemã Angelique Kerber e a bielo-russa Victoria Azarenka garantiram neste sábado a vaga nas oitavas de final do Torneio de Miami, nos Estados Unidos. Kerber, atual número 10 do mundo, foi quem teve menos trabalho, ao superar a russa Anastasia Pavlyuchenkova por 2 sets a 0, com duplo 6/4, em 1h38min.

Kerber exibiu desempenho irregular no serviço nos dois sets da partida. No primeiro, converteu todos os pontos que jogou com o primeiro serviço e sequer teve o fundamento ameaçado. Mas, no segundo, aproveitou apenas 52% dos pontos com o primeiro saque. Assim, precisou salvar seis break points e acabou sofrendo três quebras.

A alemã só não se complicou na parcial e no jogo porque Pavlyuchenkova foi ainda mais irregular no serviço, sofrendo quatro quebras no mesmo set. Kerber, então, fez valer a maior experiência sobre a número 25 do ranking da WTA.

Nas oitavas de final, a tenista da Alemanha vai enfrentar a chinesa Yafan Wang, que furou o qualifying e bateu neste sábado a local Alison Riske, que também havia saído do qualifying.

Na sequência, Victoria Azarenka precisou suar durante 2h09min para derrubar a letã Anastasija Sevastova, 17ª do mundo, pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/1. Com a virada, Azarenka já garantiu algumas posições no ranking. Saltará do 186º posto para o Top 150.

Na sequência, a ex-número 1 do mundo terá pela frente a polonesa Agnieszka Radwanska, responsável por eliminar neste sábado a romena Simona Halep, atual líder do ranking.

POLÊMICA - A rodada deste sábado foi marcada por uma polêmica envolvendo a dinamarquesa Caroline Wozniacki. A campeã do Aberto da Austrália afirmou que ela e sua família ouviram xingamentos e até ameaças de morte durante sua partida contra a porto-riquenha Monica Puig, na sexta-feira. A ex-número 1 do mundo foi eliminada da competição pela rival.

"Tenho consciência de que o tênis é um esporte de vitórias e derrotas. Mas, durante a partida de ontem à noite, pessoas na arquibancada ameaçaram a minha família, proferiram ameaças de morte para minha mãe e meu pai, xingaram eles de nomes que não posso repetir aqui e falaram para os sobrinhos do meu noivo para se sentarem e se calarem. A segurança não fez nada e aceitaram que isso acontecesse", declarou Wozniacki, nas redes sociais.

Diretor do torneio, o ex-tenista James Blake rebateu a dinamarquesa e disse que a segurança não foi avisada sobre o episódio. "Eles não testemunharam nada ou não foram notificados de nenhuma ameaça específica aos jogadores ou às suas famílias. Se tivessem sido notificados, a situação seria enfrentada imediatamente", declarou o norte-americano.