• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

LeBron faz 41 pontos, iguala marca histórica de Jordan e Cavaliers vence mais uma

  • COMPARTILHE
Esportes

LeBron faz 41 pontos, iguala marca histórica de Jordan e Cavaliers vence mais uma

Aos 33 anos de idade, LeBron completou 866 jogos seguidos válidos por temporadas regulares da liga de basquete dos Estados Unidos marcando no mínimo dez pontos em cada uma destas partidas

LeBron James escreveu mais um capítulo de destaque em seu livro de recordes na rodada desta quarta-feira à noite da NBA. O astro marcou 41 pontos e liderou o Cleveland Cavaliers na vitória por 118 a 105 sobre o Charlotte Hornets, fora de casa, e igualou uma marca histórica de Michael Jordan, considerado por muitos o maior jogador de basquete de todos os tempos.

Aos 33 anos de idade, LeBron completou 866 jogos seguidos válidos por temporadas regulares da liga de basquete dos Estados Unidos marcando no mínimo dez pontos em cada uma destas partidas. Ele iniciou esta sequência incrível em 6 de janeiro de 2007, pelo mesmo Cavaliers, deu continuidade à mesma com a camisa do Miami Heat entre 2010 e 2014, ano em que voltou para o time de Ohio para manter esta média de dois dígitos em confrontos nas longas fases que antecedem os playoffs da competição.

Durante este período de mais de 11 anos, LeBron chegou a marcar menos de dez pontos em apenas duas partidas dos muitos playoffs que disputou, sendo que isso ocorreu quando ele defendia o Heat. Primeiro no Jogo 4 das finais da NBA em 2011, quando fez somente oito pontos, e depois na quinta partida da série válida pela decisão da Conferência Leste em 2014, quando somou sete.

Com o seu ótimo desempenho, o astro poderá quebrar o recorde histórico de Jordan já nesta sexta-feira, quando o Cavaliers jogará em casa contra o New Orleans Pelicans. Para se ter ideia do tamanho que este feito poderá representar, o lendário Kareem Abdul-Jabbar, dono da terceira maior sequência de partidas marcando no mínimo dez pontos em duelos de temporadas regulares da NBA, ostentou esta média por 787 confrontos consecutivos entre dezembro de 1977 e dezembro de 1987. Ou seja, Jordan e LeBron ampliaram este recorde em 79 jogos.

Ao comemorar o seu novo feito, LeBron destacou que o seu grande empenho na parte física permitiu que o mesmo se tornasse possível. "Isso apenas significa que mantive meu corpo afinado, em forma ao longo de todos este anos, todos estes jogos, em 866 jogos", afirmou, fazendo questão de ressaltar também que considera Michael Jordan, "sem sombra de dúvida, o maior jogador de basquete da história".

LeBron também não se esqueceu de dedicar esta marca a todos os companheiros de equipe, treinadores e membros do grande estafe das equipes que defendeu na NBA. "Eles me deram a oportunidade de conseguir isso", reconheceu.

O astro ainda brindou a sua marca histórica nesta quarta-feira contabilizando mais um "double-double", pois, além dos 41 pontos que fez, apanhou 10 rebotes nesta vitória do Cavaliers sobre o Hornets. Ele ainda distribuiu oito assistências neste que foi o 45º triunfo do seu time em 75 jogos nesta temporada, retrospecto que o mantém na terceira posição da Conferência Leste.



Pelo lado do Hornets, curiosamente neste mesmo jogo, Kemba Walker fez 21 pontos e conquistou uma outra marca expressiva. Ele se tornou o maior cestinha da história da equipe, com 9.841 pontos, superando Dell Curry, pai de Stephen Curry, astro do Golden State Warriors, com 9.839.

Porém, o cestinha do time no duelo não evitou a 42ª derrota de sua equipe em 76 jogos. Assim, a equipe de Charlotte é a décima colocada do Leste, fora da zona de classificação aos playoffs.

OUTROS JOGOS - Outras sete partidas foram disputadas na rodada desta quarta-feira na NBA. Em uma delas, o Boston Celtics, vice-líder do Leste, alcançou o seu 52º triunfo em 75 jogos ao bater o Utah Jazz por 97 a 94, fora de casa. Jaylen Brown, com 21 pontos, foi o cestinha dos visitantes no duelo, no qual os anfitriões amargaram a 33ª derrota na temporada e viram a vaga nos playoffs ficar mais ameaçada.

O Jazz hoje fecha a zona de classificação à próxima fase, em oitavo lugar do Oeste, mas o Los Angeles Clippers, nono colocado, encostou nesta briga ao superar o Phoenix Suns por 111 a 99, também como visitante. Com o resultado, a equipe da Califórnia passou a contabilizar 41 vitórias em 75 jogos e se manteve vivo na luta para ir aos playoffs.

Em outro duelo da rodada desta quarta, o Portland Trail Blazers foi superado pelo Memphis Grizzlies por 108 a 103, fora de casa, mesmo contando com 42 pontos do cestinha C.J. McCollum. Apesar da derrota, se manteve na terceira posição do Oeste, atrás apenas do líder Houston Rockets e do vice-líder Warriors. O time de Memphis é apenas o penúltimo colocado desta conferência.

Acompanhe os resultados da rodada desta quarta-feira:

Charlotte Hornets 105 x 118 Cleveland Cavaliers

Orlando Magic 104 x 111 Brooklyn Nets

Philadelphia 76ers 118 x 101 New York Knicks

Memphis Grizzlies 108 x 103 Portland Trail Blazers

Minnesota Timberwolves 126 x 114 Atlanta Hawks

Utah Jazz 94 x 97 Boston Celtics

Phoenix Suns 99 x 111 Los Angeles Clippers

Los Angeles Lakers 103 x 93 Dallas Mavericks

Confira os jogos da rodada desta quinta-feira:

Detroit Pistons x Washington Wizards

Miami Heat x Chicago Bulls

San Antonio Spurs x Oklahoma City Thunder

Sacramento Kings x Indiana Pacers

Golden State Warriors x Milwaukee Bucks