• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mano aprova arbitragem de fora na semifinal do Mineiro: 'Bom para todos'

  • COMPARTILHE
Esportes

Mano aprova arbitragem de fora na semifinal do Mineiro: 'Bom para todos'

Diante das inúmeras críticas à arbitragem de Minas Gerais, as semifinais do Campeonato Estadual serão apitadas por juízes de fora. Enquanto o duelo entre Cruzeiro e Tupi terá o carioca Wagner Nascimento Magalhães como árbitro, na partida entre América-MG e Atlético-MG o catarinense Bráulio da Silva Machado será o responsável pelo apito.

"Talvez seja bom para todos, inclusive para os árbitros, que são corretos, mas estão submetidos a pressão. E é a pressão que faz aumentar o número de erros. Acho que foi uma medida acertada para proteger todo mundo. Que as coisas se acalmem e volte a confiança em todos", declarou o técnico cruzeirense Mano Menezes, nesta sexta-feira.

Os árbitros locais foram bastante criticados na primeira fase do Mineiro, o que não parou no mata-mata. O próprio Cruzeiro foi responsável pelos ataques mais duros, com o vice-presidente de futebol, Itair Machado, reclamando oficialmente junto à federação estadual e pedindo a presença de juízes de outros estados.

Para Mano, esta sequência de erros e reclamações minou qualquer possibilidade de uma arbitragem mineira tranquila na reta final do Estadual. "É sempre ruim quando erros começam a se suceder. Aí, gera uma instabilidade, uma intranquilidade", afirmou.

O Cruzeiro derrotou o Tupi por 1 a 0 na primeira semifinal do Mineiro, em Juiz de Fora, e pode até perder por um gol de diferença na volta, domingo, no Mineirão, que estará classificado. Se passar, enfrentará na final o vencedor da outra semifinal. Na ida, no Independência, deu Atlético-MG diante do América, também por 1 a 0.