• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Na estreia de Aguirre, São Paulo perde do São Caetano pelas quartas do Paulistão

  • COMPARTILHE
Esportes

Na estreia de Aguirre, São Paulo perde do São Caetano pelas quartas do Paulistão

O São Paulo precisa mais do que apenas um novo treinador. Neste sábado à tarde, na estreia do uruguaio Diego Aguirre, o time voltou a apresentar os mesmos erros da época de Dorival Junior e acabou derrotado pelo São Caetano, no estádio Anacleto Campanella, por 1 a 0, no jogo de ida das quartas de final do Campeonato Paulista. As equipes voltam a se enfrentar na terça-feira, às 21 horas, no Morumbi.

Mais uma vez sem contar com a inspiração de Diego Souza, Nenê e Cueva, aliada a uma marcação frouxa no meio de campo e uma constante insegurança na defesa, o São Paulo pouco incomodou a meda do goleiro Paes, exigido apenas na etapa final.

Do outro lado do campo, Jean fazia boas defesas e o São Caetano ganhava moral. "Se acertarmos o último passe, poderemos conseguir a vitória", disse Ermínio, no intervalo do confronto. Já o zagueiro Rodrigo Caio culpava o clima e o gramado pelo mau desempenho são-paulino. "Está muito quente e o campo é irregular."

O segundo tempo começou da mesma forma. E o gol do São Caetano não demorou a sair. Chiquinho, após falha de Jean, abriu o placar aos sete minutos.

Com a vantagem, o time do ABC, dirigido pelo ex-auxiliar são-paulino Pintado, recuou e o São Paulo foi obrigado a atacar, mas sem noção. Valdívia surgia como grande opção para receber os passes, mas era péssimo na distribuição das bolas. Paes até foi exigido em alguns lances, mas o São Paulo pouco fez para merecer o empate.

No Morumbi, o time vai precisar de uma vitória de dois gols de diferença para garantir a classificação para a semifinal ou pelo menos uma vitória simples para ir para os pênaltis. "Não podemos nem pensar em não classificar", disse Nenê. "Temos de corrigir os erros. Precisamos de mais inteligência e atitude", completou o meia.

Este foi só o primeiro jogo de Diego Aguirre no comando do São Paulo, mas a pressão já é enorme no Morumbi, onde o time tricolor espera poder contar com um bom público o apoiando na próxima terça-feira. Neste sábado, no ABC, menos de 5 mil pagantes estiveram presentes no estádio do São Caetano, em outro sinal do momento ruim vivido pela equipe são-paulina.

FICHA TÉCNICA

SÃO CAETANO 1 X 0 SÃO PAULO

SÃO CAETANO - Paes; Alex Reinaldo, Sandoval, Max e Bruno Recife; Vinícius Kiss (Cristian), Ferreira, Nonato (Niltinho) e Chiquinho; Diego Rosa e Ermínio (Stéfano Yuri). Técnico: Pintado.

SÃO PAULO - Jean; Militão (Bruno), Arboleda, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei (Liziero), Petros, Valdívia e Nenê; Cueva (Marcos Guilherme) e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre.

GOL - Chiquinho, ao sete minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinicius Furlan.

CARTÕES AMARELOS - Rodrigo Caio e Vinicius Kiss.

PÚBLICO - 4.791 pagantes.

RENDA - Não disponível.

LOCAL - Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP).