• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Novorizontino dá sustos, mas Palmeiras faz 3 a 0 e fica perto da semi do Paulista

  • COMPARTILHE
Esportes

Novorizontino dá sustos, mas Palmeiras faz 3 a 0 e fica perto da semi do Paulista

Terceira melhor campanha da primeira fase do Paulistão, o Novorizontino valorizou a vitória do Palmeiras, o líder geral, neste sábado à noite, em Novo Horizonte, por 3 a 0. O time do Interior levou perigo ao gol de Jailson, mas sucumbiu diante de um adversário bem organizado em campo. O time alviverde se atrapalhou um pouco na defesa, mas usou a experiência para vencer - mas precisa aprender a manter a 'pegada' e o empenho em ritmo forte durante os 90 minutos.

Nos primeiros minutos, o Novorizontino tentou impor um jogo mais acelerado, que o Palmeiras aceitou. O time do Interior mandou uma bola na trave com Jean Carlos e perdeu um gol de cabeça com Safira. Mas, aos 20 minutos, Borja se posicionou bem na área, recebeu cruzamento de Lucas Lima e sofreu pênalti de Tony. Dudu bateu muito bem e abriu o placar.

Depois do gol, o Palmeiras tentou colocar a bola no chão, abusou da troca de passes sem objetivo e o jogo se arrastou até o final da primeira etapa.

No segundo tempo, o Novorizontino quase empatou aos 7 minutos em cabeçada de Safira que Jailson se esticou e conseguiu espalmar.

Logo depois, Willian perdeu chance para o Palmeiras e Cléo Silva desperdiçou para o Novorizontino. Depois disso, só deu Palmeiras - mas o time continuava fora de sintonia, "blasé".

Irritado com o ar apático de sua equipe, Roger Machado sacou Borja e Lucas Lima e mandou a campo Keno e Guerra - o Palmeiras melhorou o passe. Aos 31, Keno fez bom lançamento pra Willian, que deixou a bola quicar, viu o goleiro Oliveira se atrapalhar e marcou.

Aos 43, Marcos Rocha cruzou para a área e os zagueiros do Novorizontino se atrapalharam no lance. A bola sobrou para Keno, que fuzilou e marcou o terceiro.

Depois do jogo, o volante Felipe Melo foi categórico ao afirmar que o Palmeiras "não está classificado" para as semifinais. "Temos uma vantagem boa. Tivemos muita disciplina, humildade e seriedade para construir esse placar, mas não acabou. Tem outro jogo na quarta".

Dudu foi outro que destacou o resultado, mas cobrou concentração. "Fizemos um bom, mas a gente pode melhorar. Em alguns momentos nos desconcentramos, erramos passes... o Roger cobra muito, com razão. No fim, o resultado foi bom, mas tem outro jogo na quarta-feira. Vamos descansar e tentar fazer mais uma boa partida", disse o capitão da equipe.

O segundo jogo entre os times será na quarta, às 21h45, no Allianz Parque. O Palmeiras pode até perder por dois gols de diferença que avançará às semifinais.

FICHA TÉCNICA

NOVORIZONTINO 0 X 3 PALMEIRAS

NOVORIZONTINO - Oliveira; Tony, Anderson Salles, Éder e Thallyson; Adilson Goiano, Lucas (Everton) e Jean Carlos (Magno Alves); Alisson Safra, Juninho (Francis) e Cléo Silva. Técnico: Doriva.

PALMEIRAS - Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luiz; Felipe Melo (Moisés), Bruno Henrique e Lucas Lima (Guerra); Willian, Borja (Keno) e Dudu. Técnico: Roger Machado.

GOLS - Dudu, aos 20 minutos do primeiro tempo; Willian, aos 31, e Keno, aos 43 do segundo.

ÁRBITRO - Flavio Rodrigues de Souza.

CARTÕES AMARELOS - Tony, Victor Luis, Cléo Silva, Thiago Martins, Borja, Antônio Carlos e Bruno Henrique.

PÚBLICO - 6.915 pagantes.

RENDA - R$ 407.000,00.

LOCAL - Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP).