• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Remanescente do grupo de 2014, Daniel Alves pede seleção focada no presente

  • COMPARTILHE
Esportes

Remanescente do grupo de 2014, Daniel Alves pede seleção focada no presente

Um dos poucos remanescentes do grupo da seleção brasileira na Copa do Mundo 2014 que vai entrar em campo no amistoso desta terça-feira contra a Alemanha, o lateral-direito Daniel Alves será o capitão da equipe no duelo marcado para Berlim contra a equipe dirigida por Joachim Löw e insistiu nesta segunda que o momento é de "olhar para o presente".

"Esse é um clássico mundial e sempre tem uma certa dificuldade", disse o jogador, em entrevista coletiva. "Quando você não pode mudar o passado, temos de nos concentrar em mudar o presente e é isso que viemos fazer aqui", afirmou.

Daniel Alves não entrou em campo na derrota por 7 a 1 em 2014 e lamentou não poder ter ajudado o time. "Mas agora são desafios novos e totalmente diferentes. Dificuldade existirá para ambos e esperamos estar à altura", disse. "Vai ser um grande teste", insistiu.

O lateral acredita que houve uma "evolução" da seleção brasileira desde 2014. "Ela é nítida desde que o professor assumiu", afirmou. Mas evitou criticar o trabalho realizado por Luiz Felipe Scolari há quatro anos. "Não vou colocar areia no trabalho dos outros", disse.

"O que houve é que tivemos ideias novas, o futebol evoluiu e nós evoluímos com ele", explicou. Daniel Alves acredita que, hoje, ele é mais "maduro e experiente"." "Queria ter entrado para ajudar no 7 a 1. Mas na vida só tem uma opção: continuar.", completou.