• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

TJD remarca julgamento, mas Jailson ainda pode desfalcar Palmeiras em finalíssima

  • COMPARTILHE
Esportes

TJD remarca julgamento, mas Jailson ainda pode desfalcar Palmeiras em finalíssima

Horas depois de anunciar o julgamento do goleiro Jailson para a próxima segunda-feira, o Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) remarcou para o dia seguinte, terça, a sessão que avaliará o efeito suspensivo que liberou o jogador do Palmeiras para entrar em campo nas duas partidas semifinais do Campeonato Paulista, contra o Santos. Caso a punição inicial de três jogos seja mantida, o herói da classificação à decisão pode ser desfalque para a finalíssima.

Inicialmente marcado para a tarde de segunda-feira, o julgamento foi adiado para as 17 horas de terça. Jailson recebeu suspensão de três partidas pois na derrota por 2 a 0 para o Corinthians, em fevereiro, foi expulso e criticou a arbitragem em entrevista. Dessa pena inicial, o goleiro já cumpriu duas partidas.

Como o departamento jurídico do Palmeiras entrou com efeito suspensivo na última sexta-feira, conseguiu a liberação dele para entrar em campo nos dois jogos contra o Santos. Jailson se destacou na ocasião pelas defesas, principalmente na disputa por pênaltis da última terça-feira, quando espalmou a cobrança de Diogo Vitor e garantiu a classificação à final.

A primeira partida da decisão do Estadual está marcada para o fim de semana. Portanto, para esse compromisso, Jailson está liberado. Se no julgamento de segunda-feira a pena for reduzida, o goleiro poderá atuar normalmente na segunda partida da decisão. Mas, por outro lado, se a decisão não for favorável, o Palmeiras pode entrar com recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para tentar outro efeito suspensivo.