• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Tripulante britânico cai no mar durante a Volvo Ocean Race e está desaparecido

  • COMPARTILHE
Esportes

Tripulante britânico cai no mar durante a Volvo Ocean Race e está desaparecido

Os organizadores da Volvo Ocean Race, a regata volta ao mundo, confirmaram nesta segunda-feira que um tripulante da equipe Sun Hung Kai/Scallywag caiu no mar no Oceano Antártico, a cerca de 1.400 milhas náuticas a oeste do cabo Horn, durante a disputa da etapa de Auckland, na Nova Zelândia, a Itajaí, no Brasil.

As autoridades explicaram que o tripulante, John Fisher, da Grã-Bretanha, estava usando equipamentos de segurança quando sofreu o acidente nesta segunda-feira. A equipe, juntamente com o Centro de Coordenação de Resgate Marítimo, faz buscas para encontrá-lo.

O vento na área em que ocorre a busca é forte, de 35 nós, e o mar está pesado. A temperatura da água estava em 9ºC, mas a previsão é de que as condições vão se deteriorar. Além disso, as autoridades explicaram que, diante das condições adversas, não vão desviar a rota dos outros concorrentes para ajudarem na busca de Fisher.

A Volvo Ocean Race é uma regata de 45 mil milhas náuticas ao redor do mundo. As equipes estão atualmente no nono dia da sétima etapa. O percurso de Auckland (Nova Zelândia) até Itajaí (Brasil) tem 7.600 milhas náuticas.

Antes do início desta etapa, o barco de Hong Kong ocupava a terceira posição na classificação geral, uma posição à frente do holandês AkzoNobel, que conta com a brasileira Martine Grael. O espanhol MAPFRE está na liderança da regata volta ao mundo.