• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bicampeã olímpica, Fabi se despede do vôlei: 'Sentimento é de dever cumprido'

  • COMPARTILHE
Esportes

Bicampeã olímpica, Fabi se despede do vôlei: 'Sentimento é de dever cumprido'

Uma das melhores líberos da história do vôlei mundial se despediu das quadras neste domingo. A bicampeã olímpica Fabi colocou um ponto final em sua vitoriosa carreira na decisão da Superliga Feminina. Mas ela veio com a derrota de seu Sesc-RJ para o Praia Clube, no ginásio do Sabiazinho, em Uberlândia (MG). A defensora foi um dos destaques da campanha das cariocas e, muito emocionada ao final da partida, falou sobre parar de jogar profissionalmente.

"É uma decisão difícil que já vinha amadurecendo há algum tempo. Acompanhei esses dias as despedidas do Dante e do André Nascimento que foram dois jogadores que me inspiraram. Independentemente de qualquer coisa tinha tomado essa decisão há algum tempo. Estou feliz porque durante 20 anos eu fiz o que eu mais gostava na vida, que é jogar vôlei. Jamais poderia imaginar que chegaria tão longe. Vitória ou derrota faz parte, mas o meu sentimento é de dever cumprido. O voleibol me deu uma oportunidade na vida de me tornar uma pessoa melhor e terminar a carreira disputando uma final de Superliga é muito bacana", explicou Fabi.

A líbero do Sesc-RJ ainda falou sobre a final da Superliga. "O Praia Clube jogou muito hoje (domingo) e mereceu esse título. Foi uma equipe montada para ser campeã. Sabíamos que seria difícil. Fico triste pela derrota, mas lutamos bastante durante toda a temporada", disse Fabi, que ainda deixou uma mensagem para os fãs do vôlei.

"A entrega sempre tem que ser a máxima em tudo na vida. É um privilégio fazer e viver do esporte. Quem me viu na quadra espero que tenha visto muita dedicação e amor pelo que faz", finalizou Fabi.