• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com arbitragem polêmica, Atlético-MG derrota o Corinthians por 1 a 0 em BH

  • COMPARTILHE
Esportes

Com arbitragem polêmica, Atlético-MG derrota o Corinthians por 1 a 0 em BH

Sob os olhares do técnico da seleção brasileira, Tite, que esteve no estádio Independência, em Belo Horizonte, neste domingo, e com uma arbitragem polêmica, o Corinthians perdeu a sua invencibilidade no Campeonato Brasileiro, em sua terceira rodada, ao ser derrotado por 1 a 0 para o Atlético Mineiro. A equipe do técnico Fábio Carille jogou mal, mas conseguiu suportar a pressão adversária até os 41 minutos do segundo tempo, quando sofreu um gol irregular de Róger Guedes - o ex-palmeirense fez falta em Mantuan.

O Corinthians foi amplamente dominado pelo Atlético-MG no primeiro tempo. E o problema maior nem foi a contusão do lateral-direito Fagner, que sentiu dores na coxa direita e acabou substituído com apenas oito minutos de jogo. Mantuan, que entrou no seu lugar, não comprometeu e teve atuação segura na defesa.

A principal falha do time de Fábio Carille estava no meio de campo. Mateus Vital e Rodriguinho eram facilmente marcados pelos defensores do Atlético-MG e mal pegavam na bola. Clayson também esteve muito mal e teve atuação apagada. Sem conseguir encaixar um único contra-ataque, o Corinthians deu campo de jogo para os mineiros e foi dominado.

Com mais posse de bola, o Atlético-MG era perigoso principalmente quando a bola caía nos pés de Otero. Aos 19 minutos, o venezuelano acertou o travessão do goleiro Cássio após cobrança de falta da intermediária. Depois, aos 35, conseguiu passar por três marcadores dentro da área e viu Cássio faz grande defesa na linha do gol com os pés.

Aos 37 minutos, o lance mais polêmico do jogo. Otero cobrou escanteio, a bola foi desviada, resvalou na mão esquerda de Ricardo Oliveira e bateu na trave. Róger Guedes aproveitou o rebote e fez o gol. O árbitro paraense Dewson Fernando Freitas da Silva validou o lance, mas depois de consultar o auxiliar que fica atrás do gol anulou o lance.

Na sequência, aos 44 minutos, o Corinthians teve um pênalti não marcado pelo árbitro. Maycon foi puxado dentro da área por Patric, mas Dewson Fernando Freitas da Silva mandou seguir.

No intervalo, Fábio Carille substituiu Clayson por Emerson Sheik e o Corinthians melhorou. O time ganhou força e qualidade na transição ofensiva e passou a marcar presença no ataque.

Mas a boa atuação não durou muito. A partir dos 20 minutos, o Atlético-MG retomou o controle da partida e voltou a pressionar o Corinthians. O time paulista resistiu até os 41 minutos, quando acabou sofrendo o gol em mais um lance polêmico. Róger Guedes "atropelou" Mantuan e a bola foi para o gol. Os jogadores reclamaram muito de falta, mas de nada adiantou.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 1 x 0 CORINTHIANS

ATLETICO-MG - Victor; Patric, Bremer (Elias), Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Gustavo Blanco (Matheus Galdezani), Luan (Alerrandro) e Otero; Róger Guedes e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

CORINTHIANS - Cássio; Fagner (Mantuan), Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel, Maycon, Mateus Vital e Rodriguinho (Marquinhos Gabriel); Romero e Clayson (Emerson Sheik). Técnico: Fábio Carille.

GOL - Róger Guedes, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Róger Guedes, Adilson e Ricardo Oliveira (Atlético-MG); Gabriel, Romero e Maycon (Corinthians).

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa/PA).

RENDA - R$ 598.085,00.

PÚBLICO - 19.825 pagantes.

LOCAL - Estádio Indepedência, em Belo Horizonte (MG).