• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com público e arrecadação em queda, São Paulo reduz preço dos ingressos

  • COMPARTILHE
Esportes

Com público e arrecadação em queda, São Paulo reduz preço dos ingressos

O clube vai retomar o preço da temporada passada, quando assistir a uma partida nas arquibancadas centrais do estádio (as tradicionais azul e vermelha) custava R$ 30.


O São Paulo anunciou na tarde desta quarta-feira que vai reduzir o preço dos ingressos para os jogos no Morumbi. A medida será válida tanto para o Campeonato Brasileiro quanto a Copa Sul-Americana, e passará a valer para o duelo do dia 5 de maio, diante do Atlético-MG, pela quarta rodada do torneio nacional.

O clube vai retomar o preço da temporada passada, quando assistir a uma partida nas arquibancadas centrais do estádio (as tradicionais azul e vermelha) custava R$ 30. Neste ano, na estreia do time no Brasileirão, contra o Paraná, esse valor havia subido para R$ 50, gerando reclamações por parte da torcida, que justificou sua ira pelo fato de ter lotado o Morumbi justamente no momento mais crítico da equipe em 2017, quando ela brigava para não ser rebaixada à Série B.

"No ano passado, as demonstrações de amor incondicional e comprometimento da torcida do São Paulo foram fundamentais para o desempenho de nossa equipe. Foi a voz das arquibancadas que ajudou nossos jogadores a entenderem que não estariam sozinhos, e foi pelos milhões de tricolores espalhados pelo mundo que eles jogaram", comentou o clube em nota.

Neste ano, o São Paulo já havia elevado o valor do tíquete no Campeonato Paulista, quando os mesmos setores saíam a R$ 40 - a exceção foi a semifinal, contra o Corinthians, quando os torcedores pagaram R$ 50 pelas entradas para as arquibancadas centrais.

Levantamento feito pelo Estado no último Paulistão mostrou exatamente que o clube do Morumbi vira suas médias de público e arrecadação caírem 40% e o lucro por partida ser em média quase a metade na comparação com o torneio de 2017.