• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Flu recebe os são-paulinos para voltar a vencer e embalar no Brasileirão

  • COMPARTILHE
Esportes

Flu recebe os são-paulinos para voltar a vencer e embalar no Brasileirão

A tabela dura no começo do Campeonato Brasileiro coloca o São Paulo como o próximo adversário do Fluminense neste domingo, às 16 horas, no Maracanã, pela terceira rodada. Após perder na estreia para o Corinthians e vencer o Cruzeiro no jogo seguinte, o time carioca busca outra vitória para embalar no torneio nacional.

Cheio de jovens e com reforços chegando com a temporada em andamento - João Carlos, Dodi e Luan Peres foram as três últimas contratações - o time de Abel Braga se superou no jogo passado contra o Cruzeiro, um dos postulantes ao título, para conquistar o primeiro triunfo na competição mesmo com um a menos desde os 15 minutos do primeiro tempo.

Um dos trunfos da equipe tricolor para poder ir longe, apesar do baixo investimento, é o Maracanã, onde a equipe fez boas apresentações neste ano. "O Maracanã é a casa do Fluminense. Em qualquer campeonato, uma equipe que quer ser campeã tem de fazer bons jogos em casa. Contamos com o nosso torcedor para nos ajudar no estádio", disse Gum.

Sobre a escalação, Abel deu poucas dicas nos treinos durante toda a semana. Como não há lesões, a única mudança deve ser na lateral direita, que não terá a presença de Gilberto, expulso no último jogo. Léo desponta como o principal favorito a ocupar a vaga na direita e estrear no campeonato. Na temporada, Leo fez apenas três jogos, todos pelo Estadual.

Assim, com exceção de Gilberto, e sem Ibañez, que se recupera de lesão e será substituído por Frazan, os titulares deverão ser os mesmos que venceram o Cruzeiro, com o esquema armado com três zagueiros mantido pelo treinador e liderado pelo experiente Gum. "Com dois ou três zagueiros, estou aqui para ajudar, fazer o meu melhor. Independentemente da maneira pela qual a equipe entre em campo, o importante é todos se ajudarem, entendendo o que o Abel quer e sofrendo poucos gols", disse o zagueiro.