• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

McLaren demite diretor-técnico Tim Goss após início de temporada ruim

  • COMPARTILHE
Esportes

McLaren demite diretor-técnico Tim Goss após início de temporada ruim

A informação inicial da queda do diretor-técnico, no entanto, foi dada pela rede britânica BBC.


Após início de temporada de Fórmula 1 abaixo das expectativas, a McLaren demitiu nesta quinta-feira o diretor-técnico Tim Goss. A escuderia emitiu curto comunicado para justificar a decisão e disse que faz parte do programa para "levar a equipe de volta ao topo".

A informação inicial da queda do diretor-técnico, no entanto, foi dada pela rede britânica BBC. Na McLaren desde o início da década de 1990, Goss ocupou diferentes cargos na escuderia. Na atual temporada, ele foi responsável pelo desenvolvimento do chassi, que foi feito em um tamanho que não comporta o motor Renault.

O erro tem sido o principal responsável pelos resultados abaixo do esperado. "A decisão engloba uma série de mudanças que estão sendo feitas. Mais detalhes serão dados adiante. No momento, não haverá mais comentários sobre o assunto", encerrou o comunicado.

A McLaren não consegue uma vitória na Fórmula 1 desde 2012. Os maus resultados nos últimos anos fizeram a equipe encerrar a parceria com a Honda de fornecimento de motor e a retomada de um acordo com a Renault.

A equipe acredita que para o GP do Azerbaijão, no próximo domingo, os resultados devem seguir aquém do esperado. As melhoras e as mudanças de fato estão programadas apenas para o GP da Espanha, que acontecerá na sequência, em 13 de maio.

Após três etapas disputadas, a McLaren aparece em quarto lugar no Mundial de Construtores com 25 pontos, seguida de perto pela Renault, que tem 25. A distância para as três principais equipes, no entanto, aumenta a cada novo GP. A Red Bull, que está em terceiro, tem 27 pontos a mais.