• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Satisfeito com elenco corintiano, Carille teme perder jogadores após a Copa

  • COMPARTILHE
Esportes

Satisfeito com elenco corintiano, Carille teme perder jogadores após a Copa

Uma perda certa é a do volante Maycon, que vai para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, após o Mundial na Rússia

Nos últimos dias, o Corinthians anunciou a contratação de mais três jogadores e parece ter sido o suficiente para Fábio Carille. O técnico demonstra estar satisfeito com o elenco que tem nas mãos e agora sua preocupação passa a ser a janela de transferências para a Europa, principalmente após a Copa do Mundo.

Uma perda certa é a do volante Maycon, que vai para o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, após o Mundial na Rússia. Mas mais jogadores podem deixar o clube. "Estou satisfeito e minha preocupação passa a ser na janela de transferências e perder o menos possível de atletas para seguirmos fortes até o fim do ano. Estou trabalhando com a diretoria para que não saia ninguém ou que saia um ou dois no máximo", disse o treinador.

Vários jogadores corintianos já tiveram seus nomes sondados por clubes do exterior no final do ano, após a conquista do Campeonato Brasileiro. Cássio, Fagner, Balbuena, Gabriel e Rodriguinho foram alguns deles. Além de Guilherme Arana e Jô, que deixaram o clube.

O Corinthians anunciou nos últimos dias as chegadas dos atacantes Roger e Bruno Xavier e do meia Thiaguinho. O trio deve estrear nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Sobre as chegadas de Bruno Xavier e Thiaguinho, garotos de 21 anos que estavam no Nacional-SP, time da Série A2 paulista, o treinador destacou que eles se encaixam no perfil de reforços que a diretoria estava buscando. "Eles entram naquela política do Andrés (Sanchez, presidente do clube) de trazer jogadores jovens, para entender o que é o Corinthians. Eles vão passar por um processo cuidadoso para que virem atletas. Fizeram ótimo campeonato pelo Nacional e têm tudo para desenvolver", projetou.