• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sevilla demite Montella e acerta retorno de Caparrós

  • COMPARTILHE
Esportes

Sevilla demite Montella e acerta retorno de Caparrós

O técnico Vincenzo Montella não resistiu à pressão no Sevilla e foi demitido neste sábado, em razão da fraca sequência de resultados do time espanhol nas últimas semanas. O time não vence uma partida desde 13 de março - bateu e eliminou o Manchester United no Old Trafford, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

A pressão aumentou na sexta-feira, quando a equipe foi superada pelo Levante por 2 a 1, fora de casa, na abertura da rodada do Campeonato Espanhol. Foi a oitava derrota do time em 17 jogos desde que Montella assumiu a equipe, em dezembro do ano passado.

Curiosamente, Montella foi demitido apenas quatro dias depois que a diretoria do clube desligou o diretor esportivo do clube, Oscar Arias. Na ocasião, o presidente José Castro disse que manteria Montella no cargo até o fim da temporada europeia, o que acabou sendo negado pela própria demissão, neste sábado.

Apesar da sequência recente de resultados negativos, o treinador teve o mérito de levar o Sevilla de volta às quartas de final da Liga dos Campeões, o que não acontecia há 60 anos. Montella chegou ao clube em dezembro, com contrato até o fim da próxima temporada, para substituir Eduardo Berizzo, demitido um mês após a equipe revelar que ele fora diagnosticado com um tumor maligno na próstata.

Para o lugar de Montella, a diretoria do Sevilla acertou o retorno de Joaquin Caparrós, que assinou vínculo somente até o fim desta temporada. Antes, o treinador comandou o time entre 2000 e 2005. Neste período, ajudou o time a voltar à primeira divisão em 2001.