• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Simeone nega favoritismo do Arsenal em duelo contra o Atlético na Liga Europa

  • COMPARTILHE
Esportes

Simeone nega favoritismo do Arsenal em duelo contra o Atlético na Liga Europa

O técnico Diego Simeone negou nesta quarta-feira qualquer favoritismo do Arsenal no duelo contra o Atlético de Madrid, pelas semifinais da Liga Europa. O jogo de ida será disputado nesta quinta, no Emirates Stadium, em Londres.

"O futebol é um jogo que muda a todo tempo. Eu me limito a aceitar a realidade: esse papo de favoritos é coisa de jornalistas. Mas, além dos favoritismos, a realidade surge quando o árbitro apita e começa o jogo", disse o treinador argentino, nesta quarta-feira.

O Arsenal vem sendo apontado como favorito por conta da boa campanha nesta mata-mata da Liga Europa. Nas oitavas de final, o time inglês despachou o Milan. E, nas quartas, eliminou o CSKA Moscou pelo placar agregado de 6 a 3, enquanto o Atlético sofreu para supera o Sporting por 2 a 1.

"Amanhã [quinta] será um dia especial. Jogaremos contra um rival forte. O Arsenal tem uma história importante na Europa. Ambos os clubes tem muita expectativa por chegar à final", afirmou Simeone. "Teremos um jogo intenso e duro. O rival vai nos exigir ao máximo. Jogaremos num estádio maravilhoso, com uma torcida que estará dedicada ao seu time."

Em relação ao time, o técnico evitou antecipar a escalação. Mas deve ter Diego Costa retornando ao grupo logo como titular. Nesta quarta, o atacante treinou normalmente e indicou que não terá qualquer problema para começar jogando nesta quinta.

Diego Costa havia se machucado no jogo de volta das quartas de final, ficando de fora dos últimos três compromissos do Atlético de Madrid por causa da contusão muscular, diante de Levante, Real Sociedad e Bétis.

Com o atacante relacionado e em condições de jogo, apenas dois jogadores do elenco principal do Atlético de Madrid não estarão em Londres. São os casos de Juanfran Torres, que se recupera de lesão muscular na coxa sofrida no confronto com o Betis, e do brasileiro Filipe Luís, que segue em processo de reabilitação após fratura na fíbula, que o forçou a ser operado em março.