• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ágatha/Duda e Evandro/André avançam à final da etapa de Itapema

  • COMPARTILHE
Esportes

Ágatha/Duda e Evandro/André avançam à final da etapa de Itapema

O Brasil tem a chance de faturar os títulos das chaves feminina e masculina da etapa de Itapema do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Neste sábado, Ágatha/Duda e Evandro/André conquistaram duas vitórias, cada, e se garantiram nas decisões dos seus respectivos eventos, marcadas para domingo.

A chave feminina, inclusive, teve uma semifinal brasileira. E Ágatha e Duda venceram Maria Elisa e Carol Solberg por 2 sets a 1, com parciais de 21/17, 17/21 e 15/8, na noite deste sábado. Na final, elas terão pela frente as suíças Verge-Depre e Joana Heidrich. Já na briga pela medalha de bronze, Maria Elisa e Carolina Solberg enfrentarão as canadenses Heather Bansley e Brandie Wilkerson.

Ágatha e Duda vão buscar o primeiro títulos nesta temporada no Circuito Mundial, sendo que elas estão em desvantagem de 2 a 1 no confronto direto com as suíças. "Viemos muito concentradas, estudamos tudo desde o início, mesmo sendo um duelo 'caseiro' de atletas que se conhecem bem. Já tínhamos sido superadas por elas algumas vezes. E foi o primeiro duelo pelo Circuito Mundial, hoje foi uma vitória muito especial. Vínhamos batendo um pouco na trave recentemente, tivemos que trabalhar mais, encontrar novas saídas para as dificuldades. Vamos dar nosso melhor, estudar e estarmos unidas sempre", disse Duda.

Para Ágatha, o evento quatro estrelas em Itapema marca o fim de uma fase complicada da dupla. "Estávamos com aquela vontade de vencer, de jogar bem. Apesar de termos sido vice-campeãs brasileiras, no Circuito Mundial não tivemos bons resultados recentemente. Demos passos para trás, focamos no trabalho do dia a dia, deixando o resultado como consequência. Sem ansiedade. E neste período a nossa equipe foi fundamental, reencontramos nosso caminho. Estou feliz por esta partida, mas queremos muito mais", destacou.

Antes das semifinais, as duas duplas brasileiras haviam triunfado nas quartas de final em Itapema. Ágatha e Duda venceram as alemãs Bieneck e Schneider por 21/19 e 21/16, enquanto Maria Elisa/Carol Solberg passaram de virada pelas checas Kolocova e Kvapilova, com parciais de 26/28, 21/16 e 15/12.

MASCULINO - Na chave masculina em Itapema, André e Evandro derrotaram os canadenses Sam Pedlow e Sam Schachter por 21/16 e 21/13 nas quartas de final e se garantiram na decisão com o triunfo sobre os poloneses Kantor e Losiak por 21/19 e 21/16. Os noruegueses Mol e Sorum serão seus rivais na final.

Vitor Felipe e Guto abriram o dia com triunfo sobre os holandeses Brouwer e Meeuwsen por 21/18, 18/21 e 15/13. Mas depois caíram para a dupla da Noruega por 21/17 e 21/13. Losiak e Kantor serão seus rivais no jogo pela medalha de bronze.