• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Auxiliar do Flamengo lamenta empate com River Plate e suspensão de Lucas Paquetá

  • COMPARTILHE
Esportes

Auxiliar do Flamengo lamenta empate com River Plate e suspensão de Lucas Paquetá

O próximo rival dos flamenguistas será definido por sorteio que ocorrerá no próximo dia 4 de junho

Com o técnico Maurício Barbieri impedido de poder dar entrevista coletiva por ter sido expulso na vitória por 2 a 0 que o Flamengo conquistou sobre o Emelec, na semana passada, no Maracanã, coube ao auxiliar Maurício Souza a missão de falar com os jornalistas sobre o empate por 0 a 0 da equipe com o River Plate, na noite desta quarta-feira, em Buenos Aires, pela rodada final do Grupo D da Copa Libertadores.

E o xará do comandante lamentou o fato de que o time rubro-negro não conseguiu cumprir o seu objetivo de conquistar um triunfo que faria o clube terminar esta fase da competição continental na liderança da chave e consequentemente com a vantagem de poder atuar como mandante na partida de volta das oitavas de final. O próximo rival dos flamenguistas será definido por sorteio que ocorrerá no próximo dia 4 de junho.

"Eles tiveram mais posse de bola, mas acredito que as melhores chances do jogo foram nossas. Não existe entrarmos em qualquer competição sem buscarmos a primeira colocação, e esse era o nosso objetivo aqui. Claro que a próxima fase será difícil, não existem mais adversários fáceis no torneio. Nosso objetivo era vir aqui hoje, conquistar os três pontos e ter a vantagem de decidir em casa, mas não foi possível", analisou Maurício Souza.

O auxiliar, porém, ao mesmo tempo valorizou o fato de que o Flamengo ainda está invicto nesta Libertadores e foi prejudicado por cumprir uma punição de dois jogos como mandante sem poder contar com o apoio de seus torcedores. A equipe foi punida pela Conmebol por causa dos sérios incidentes ocorridos na final da Copa Sul-Americana do ano passado, no Maracanã, onde o Independiente, da Argentina, acabou faturando o título.

"Precisamos ressaltar que seguimos invictos na Libertadores. Tivemos início complicado pela punição e por estarmos sem a nossa torcida. Não saímos satisfeitos com o resultado, mas estamos confiantes para o restante da competição", reforçou.

PAQUETÁ VIRA DESFALQUE - Além de terminar o Grupo D da Libertadores na vice-liderança, atrás justamente do River Plate, o Flamengo perdeu o meia Lucas Paquetá para o duelo de ida das oitavas de final da competição. O jogador estava pendurado, levou um cartão amarelo e terá de cumprir suspensão. Maurício Souza também lamentou esta baixa.

"Ele é um jogador importantíssimo para a nossa equipe e infelizmente não poderemos contar com ele. Mas o Flamengo tem um grupo qualificado e aquele que o Maurício (Barbieri) escolher para jogar no lugar dele dará conta do recado. Sentimos sua ausência, claro, mas também precisamos valorizar quem vai entrar", disse.

Após encerrar a sua campanha na fase de grupos da Libertadores, o Flamengo voltará a campo já neste próximo sábado, quando enfrenta o Atlético Mineiro, às 21 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pelo Campeonato Brasileiro.