• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bottas lidera dobradinha da Mercedes no primeiro treino livre na Espanha

  • COMPARTILHE
Esportes

Bottas lidera dobradinha da Mercedes no primeiro treino livre na Espanha

Embora lidere os Mundiais de Pilotos, com o britânico Lewis Hamilton, e de Construtores, a Mercedes vem encontrando mais dificuldades de impor seu domínio nesta temporada da Fórmula 1

A Mercedes começou na frente o fim de semana da quinta etapa da temporada 2018 da Fórmula 1. Nesta sexta-feira, com uma dobradinha dos seus pilotos e o finlandês Valtteri Bottas sendo o mais rápido, a equipe liderou o primeiro treino livre para o GP da Espanha, no Circuito da Catalunha, nas proximidades de Barcelona.

Embora lidere os Mundiais de Pilotos, com o britânico Lewis Hamilton, e de Construtores, a Mercedes vem encontrando mais dificuldades de impor seu domínio nesta temporada da Fórmula 1, especialmente na comparação com os campeonatos anteriores, tanto que só venceu uma corrida em 2018, a última, no Azerbaijão.

Na Espanha, porém, a equipe liderou a primeira atividade preparatória para a corrida de domingo. E Bottas sobrou em relação aos outros concorrentes, tendo fechado a sessão inicial no Circuito da Catalunha na liderança ao cravar o tempo de 1min18s148 na sua melhor volta.

Bottas teve vantagem considerável, de mais de 0s8 para o segundo colocado, que foi Hamilton, seu companheiro de equipe na Mercedes. O britânico assumiu a ponta do campeonato ao vencer o GP do Azerbaijão e também ganhou a prova espanhola no ano passado. Nesta sexta, garantiu a segunda posição do primeiro treino livre no Circuoto da Catalunha com a marca de 1min18s997, sendo o último piloto a fazer uma volta em menos de 1min19 no primeiro treino livre para o GP da Espanha.

O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, veio logo atrás, em terceiro lugar, com 1min19s098. O holandês Max Verstappen colocou a sua Red Bull entre os dois carros da equipe italiana ao cravar o quarto melhor tempo no circuito espanhol, com 1min19s187. E o finlandês Kimi Raikkonen veio logo atrás, na quinta posição, com 1min19s499.

O espanhol Fernando Alonso demonstrou bom rendimento pela McLaren e garantiu o sexto lugar, com 1min19s858. Assim, ficou à frente até do australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, com 1min19s871. O francês Romain Grosjean, da Haas, veio logo atrás, em oitavo lugar, com 1min19s906.

O belga Stoffel Vandoorne conseguiu colocar o outro carro da McLaren entre os dez melhores ao fechar o primeiro treino livre para o GP da Espanha na nona colocação, com 1min20s083. E o décimo colocado acabou sendo o francês Pierre Gasly, da Toro Rosso, com 1min20s508.

A atividade inicial do GP da Espanha também foi a primeira sessão oficial de Robert Kubica pela Williams, ocupando a vaga do russo Sergey Sirotkin, um dos titulares da equipe. Ele não participava de uma atividade de fim de semana de corrida desde 2010, pois no início do ano seguinte sofreu grave lesão durante um rali, se afastando por um longo período da Fórmula 1.

E embora tenha sofrido com o fraco desempenho do carro da equipe britânica, o polonês fechou a atividade em penúltimo lugar, à frente do canadense Lance Stroll, piloto titular da Williams, por quase 1s3, e que foi o mais lento entre todos os 20 concorrentes.

O segundo treino livre para o GP da Espanha será realizado às 10 horas (de Brasília) desta sexta-feira, mesmo horário da sessão de classificação no sábado. A largada da corrida no domingo está agendada para as 10h10.