• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Brasil conquista quatro medalhas no último dia do Grand Prix de judô na China

  • COMPARTILHE
Esportes

Brasil conquista quatro medalhas no último dia do Grand Prix de judô na China

Depois de bater na trave na sexta-feira e no sábado, o Brasil finalmente conseguiu subir no pódio neste domingo, no último dia do Grand Prix de judô que acontece na cidade de Hohhot, na China. O País conquistou uma medalha de prata e três de bronze.

Mayra Aguiar, no meio-pesado, até 78kg, ficou com a segunda colocação, enquanto que Samanta Soares, na mesma categoria, Maria Suelen Altheman (+78kg) e Rafael Silva (+100kg) conquistaram o bronze. A competição marcou a abertura oficial da classificatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Mayra eliminou na fase preliminar Oyungerel Amarsaikhan, da Mongólia, a chinesa Zhenzhao Ma e a francesa Sama Hawa Camara, todas por ippon. A decisão pelo ouro foi uma reedição da semifinal do último campeonato mundial contra a japonesa Ruika Sato que, desta vez, levou a melhor projetando a brasileira por ippon. Em três competições nesta temporada, Mayra acumula três medalhas: duas pratas e um bronze. Ela é a atual líder do ranking mundial.

Samanta Soares garantiu o bronze e a dobradinha no pódio a vencer a sul-coreana Yujin Park por waza-ari. Antes disso, Samanta chegou à semifinal vencendo a italiana Giorgia Stangherlin (ITA) e a holandesa Karen Stevenson (NED), por ippon, mas perdeu na semifinal para Ruika Sato.

Os outros bronzes vieram com os pesos pesados Maria Suelen Altheman e Rafael Silva, o Baby. Suelen caiu nas quartas para a chinesa Yan Wang, mas recuperou-se com ippon na repescagem sobre Jiaqi Li, também da China, e bateu a francesa Anne Bairo por ippon na disputa pela medalha.

Baby derrotou o sérvio Zarko Culum e o holandês Roy Meyer na fase preliminar e perdeu a semifinal para o mongol Duurenbayar Ulziibayar. Na luta pelo bronze, o brasileiro projetou o iraniano Javad Mahjoub por ippon no golden score e garantiu seu segundo pódio internacional consecutivo depois de ser bronze também no Grand Slam de Ecaterimburgo, na Rússia.

Além dos quatro medalhistas, o Brasil foi representado também por David Moura (+100kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Eduardo Bettoni (90kg), que não avançaram às disputas por medalhas neste domingo. A seleção brasileira de judô se reúne novamente no próximo dia 5, quando passará por um período de treinamento no Japão, nas cidades de Hamamatsu e Tóquio.