• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Com presença de Ronaldo, Pirlo se despede do futebol entre craques

  • COMPARTILHE
Esportes

Com presença de Ronaldo, Pirlo se despede do futebol entre craques

Poucas vezes um campo de futebol recebeu tantos craques ao mesmo tempo quanto o Estádio San Siro nesta segunda-feira. E a causa era nobre. Alguns dos principais nomes da modalidade nas últimas três décadas se reuniram em Milão para o amistoso de despedida de Andrea Pirlo.

Entre os principais craques, destaque para Ronaldo. Colega de Pirlo na Inter de Milão, no fim dos anos 1990, e no Milan, entre 2007 e 2008, o brasileiro vestiu a camisa da equipe branca, que enfrentou a azul nesta segunda, mas não jogou. Outro convidado a se ausentar da partida foi Ronaldinho Gaúcho, companheiro de Pirlo também no Milan. De acordo com os presentes, ele perdeu o voo para a Itália.

E mesmo sem estes dois grandes nomes, o gramado estava recheado de craques, das mais diferentes gerações. Entre os brasileiros, Dida, Cafu, Serginho, Leonardo e Alexandre Pato atuaram. Também do Milan, estiveram em campo nomes como os de Nesta, Maldini, Costacurta, Gattuso, Shevchenko, Seedorf e Inzaghi, destaque do amistoso com três gols marcados.

Do início da carreira na Inter de Milão, Pirlo chamou para a festa Zanetti e Vieri, além de Roberto Baggio, que também ficou apenas como espectador. Da Juventus, estiveram Buffon, Bonucci, Chiellini, Vidal e Carlitos Tevez. Até sua última página na carreira, no New York City, esteve representada nesta segunda-feira por Frank Lampard.

Não poderiam ficar de fora, também, os companheiros de seleção italiana campeã do mundo em 2006. Além dos já citados, jogaram no San Siro nomes como os de Zambrotta, Materazzi, Camoranesi, De Rossi, Totti e Del Piero. Até o vice-campeão mundial de 1994, Albertini, esteve presente.

O confronto terminou empatado em 7 a 7. Shevchenko, Pato, Cassano, Seedorf e Luca Toni também estiveram entre os que balançaram a rede. Tudo para reverenciar os mais de 20 anos de carreira do meio-campista, que anunciou a aposentadoria em novembro do ano passado.