• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

D'Alessandro é suspenso por mais dois jogos por confusão em Gre-Nal

  • COMPARTILHE
Esportes

D'Alessandro é suspenso por mais dois jogos por confusão em Gre-Nal

Com permissão para jogar por conta de efeito suspensivo, o meia argentino D'Alessandro voltou a ser punido nesta quarta-feira com dois jogos de suspensão, por conta da confusão no Gre-Nal disputado no dia 12, na Arena Grêmio, pela 5ª rodada do Brasileirão. Já Internacional e Grêmio e o árbitro daquele jogo, Wilton Pereira Sampaio, foram absolvidos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

D'Alessandro recebeu dois jogos de gancho, por ato desleal, por decisão unânime dos auditores do tribunal. Mesmo sem jogar, em razão de incômodo muscular, o meia foi ao gramado ao fim da partida e agrediu o atacante Luan, do Grêmio, com um soco perto do pescoço.

Depois da agressão, jogadores dos dois times protagonizaram um princípio de tumulto no centro do gramado, mas logo a confusão foi dissipada. A agressão do argentino não foi registrada pela súmula do árbitro, que alegou não ter conseguido identificar os atletas envolvidos no tumulto.

Com a decisão do STJD, que cabe recurso, D'Alessandro soma agora quatro jogos de suspensão neste Brasileiro. Ele o atacante William Pottker haviam sido punidos com duas partidas de gancho por conta de confusão na derrota do Inter para o Flamengo por 3 a 0, no Maracanã, pela 4ª rodada. O clube gaúcho, contudo, obtivera efeito suspensivo que libera os atletas de forma provisória. Os dois casos serão julgados nesta quinta.

Enquanto o meia argentino foi suspenso de forma unânime nesta quarta, os dois clubes e o árbitro foram absolvidos por maioria de votos dos auditores. Wilton Pereira Sampaio havia sido denunciado justamente por não identificar os jogadores no tumulto na súmula da partida. E o Inter, por conta da confusão.

Já o Grêmio correu risco de sofrer dura punição devido ao lançamento de um sinalizador no gramado nos segundos finais da partida. Segundo a arbitragem, o objeto atingiu o gramado aos 49 minutos do segundo tempo, sem atingir nenhum jogador, na área do Inter.

O time mandante escapou da punição por identificar e punir o torcedor responsável por lançar o sinalizador. Segundo o advogado Mário Bittencourt, o clube gaúcho abriu processo administrativo contra o torcedor e suspendeu seu carteira de sócio.