• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Decisivo em classificação do Flamengo, Everton Ribeiro celebra noite inesquecível

  • COMPARTILHE
Esportes

Decisivo em classificação do Flamengo, Everton Ribeiro celebra noite inesquecível

Jogador marcou os dois gols do Flamengo na vitória sobre o Emelec, que garantiu o Rubro-Negro nas oitavas de final da Libertadores

A atuação decisiva de Everton Ribeiro na vitória por 2 a 0 sobre o Emelec, na noite de quarta-feira, coroou o grande momento no meia no Flamengo. Autor dos dois gols do time no triunfo do duelo disputado no Maracanã e que garantiu a classificação antecipada da equipe às oitavas de final da Copa Libertadores, ele dividiu os méritos pela sua ascensão com o técnico Maurício Barbieri e os seus companheiros.

"Ele está mostrando todo seu potencial e acertou a equipe taticamente. Meu desempenho vem pelo crescimento da equipe. Um mais perto do outro facilita o meu jogo, o toque de bola. O trabalho dele está nos ajudando muito a melhorar", afirmou Everton Ribeiro, que uniu a celebração pelos gols com o nascimento do seu filho, na última sexta-feira.

"Foi uma noite inesquecível. Meu filho acabou de nascer, está indo bem e estamos podendo curti-lo. Hoje foi um jogo para coroar esse momento que estamos vivendo. Corremos muito, nos doamos e buscamos a vitória até o fim. Foi com cara de Flamengo", disse Everton Ribeiro.

O meia reconheceu que o Flamengo encontrou dificuldades no primeiro tempo do duelo com o Emelec, mas conseguiu deslanchar na etapa final, quando ele marcou os dois gols da vitória. "Eles conseguiram nos surpreender no começo. Tentamos sair jogando e o Emelec pressionou. Acabamos pecando no passe e eles foram bem. depois dos 15 minutos, melhoramos e conseguimos criar, mas erramos os gols. no segundo tempo acertamos o que precisávamos, conseguimos encaixar e fizemos os gols que nos deram a vitória", afirmou o camisa 7.

O triunfo só não foi perfeito porque o Flamengo perdeu no segundo tempo o técnico Maurício Barbieri, expulso pelo árbitro peruano Diego Haro por reclamações. "Só vi a situação dele quando o quarto árbitro chamou o juiz. Ele reclamou de faltas que paravam o nosso ataque e acho que isso fez motivou a expulsão. Usei nossa comissão para trocarmos ideias, precisávamos mexer. Conversamos muito durante o jogo para fazermos o melhor. Estamos preparados e somos uma comissão unida, então sabíamos o que o Maurício pensaria no jogo. Me sinto preparado para sempre auxiliá-lo quando for necessário", explicou Maurício de Souza, auxiliar de Barbieri.

Com nove pontos, o Flamengo está em segundo lugar no Grupo D da Libertadores, a dois do River Plate, sendo que os times vão se enfrentar na rodada final da chave, na Argentina, em 23 de maio. Antes disso, no sábado, o time fará clássico com o Vasco, no Maracanã, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.