• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mano e Valentim são absolvidos pelo STJD após confusão no Mineirão

  • COMPARTILHE
Esportes

Mano e Valentim são absolvidos pelo STJD após confusão no Mineirão

Os técnicos do Cruzeiro e do Botafogo, Mano Menezes e Alberto Valentim, respectivamente, foram absolvidos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) em julgamento realizado nesta terça-feira. Além deles, o preparador de goleiros do time mineiro, Robertinho, também foi absolvido por envolvimento na mesma confusão.

Mano e Valentim trocaram críticas ao longo da partida disputada no dia 6 de maio, no Mineirão, pela sexta rodada do Brasileirão - vitória do mandante por 1 a 0. Ao fim do jogo, o clima esquentou e o treinador do Botafogo discutiu mais asperamente com Robertinho. Eles precisaram ser separados na saída do gramado.

O trio e o meia Rafinha foram denunciados por vídeo, e não por conta de registro na súmula - o jogador foi ao tribunal por simulação de falta. O STJD denunciou todos com base no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva por conduta contrária à disciplina e ética desportiva. Todos poderiam ter sido punidos com até seis jogos de gancho.

Mas a Segunda Comissão Disciplinar do STJD decidiu pela absolvição de todos por unanimidade. A decisão cabe recurso. Único a estar presente no julgamento, o técnico do Botafogo minimizou o episódio.

"Durante a partida me dirigi algumas vezes ao quarto árbitro e uma dessas vezes o treinador do Cruzeiro começou a dizer que eu tinha que parar de falar com a arbitragem. Nada foi relatado na súmula por eu falar coisas normais. No final da partida acabei discutindo com o Robertinho pelo clima do jogo, mas não teve mais nenhum problema. Cada um se dirigiu para o seu vestiário e acabou tudo", disse Valentim.