• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mano exalta 'grande recuperação' do Cruzeiro após alcançar ponta na Libertadores

  • COMPARTILHE
Esportes

Mano exalta 'grande recuperação' do Cruzeiro após alcançar ponta na Libertadores

Clube argentino ficou atrás do time brasileiro pelo saldo de gols e teve de se contentar com a classificação às oitavas de final como vice-líder

Depois de ver o Cruzeiro vencer o Racing por 2 a 1, na noite desta terça-feira, no Mineirão, e garantir a primeira colocação do Grupo E da Copa Libertadores, o técnico Mano Menezes exaltou a forte reação exibida pela equipe no segundo turno desta chave, depois de ter iniciado a competição continental com resultados ruins.

O triunfo levou os cruzeirenses aos 11 pontos, mesma pontuação do Racing, mas o clube argentino ficou atrás do time brasileiro pelo saldo de gols e teve de se contentar com a classificação às oitavas de final como vice-líder.

"Fizemos uma grande recuperação na competição. Nosso segundo turno é de 100% de aproveitamento. Tivemos uma derrota só no primeiro jogo. Sofremos gols só do Racing. Agora, podemos falar que acabou a fase de grupos e ficamos em primeiro", comemorou o comandante, em entrevista coletiva após a partida em Belo Horizonte.

O treinador também reconheceu que o Cruzeiro acabou sofrendo mais do que deveria após abrir 2 a 0 rapidamente nesta terça, com gols de Thiago Neves e Lucas Silva em apenas dez minutos, mas no fim saiu de campo com o objetivo cumprido. Como líder de sua chave, a equipe mineira fará a partida de volta das oitavas de final da competição como mandante. O adversário do time neste mata-mata será definido por meio de sorteio, no dia 4 de junho.

"Tive a impressão de que talvez esse início de 2 a 0 tão cedo nos relaxou um pouco. Talvez tenhamos nos iludido com facilidades que não existem na Libertadores e contra um time desta envergadura e que joga esse futebol como o Racing", analisou Mano, lembrando das exigências que esta competição costuma impor aos times para conquistar o sucesso esperado dentro de campo.

"Na Libertadores é preciso dar algo mais para vencer. Precisa de mais alma. A equipe precisa acreditar no que faz. O adversário não se entrega até o último minuto. É preciso saber suportar o adversário com mais posse de bola. É preciso saber se defender bem", enfatizou.

Lucas Silva, destaque principal do Cruzeiro no jogo com um golaço e bela atuação no meio-campo celeste, também comemorou a classificação e apontou que a própria vaga da equipe na próxima fase chegou a ser posta em dúvida anteriormente.

"O objetivo foi alcançado, fomos colocados à prova, chegaram a nos colocar fora da disputa, crescemos na competição, provando que o Cruzeiro vem muito forte e classificado em primeiro lugar. Esse golzinho já estava na hora de sair. Meus amigos, minha família, a torcida, nem se fala. Não tinha oportunidade melhor para sair. Já bateu na trave, goleiro pegou, mas agora saiu", disse o jogador, festejando ainda o fato de que voltou a marcar um gol após longo tempo sem balançar as redes.