• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Márquez vence na França e dispara na ponta da MotoGP após abandono de Zarco

  • COMPARTILHE
Esportes

Márquez vence na França e dispara na ponta da MotoGP após abandono de Zarco

O espanhol Marc Márquez não poderia pedir por um domingo melhor. Não bastasse vencer a etapa da França da MotoGP, em Le Mans, o tetracampeão mundial viu seu principal rival na luta pelo título, o francês Johann Zarco, abandonar logo no início após uma queda. Com isso, o piloto da Honda disparou na liderança da temporada.

O resultado final foi um prêmio para Márquez, que chegou para a prova sem o melhor dos cenários. Afinal, no treino classificatório de sábado ele havia ficado apenas com a segunda colocação, atrás justamente de Zarco, que, além de largar na pole, teria a torcida da casa todo a seu favor.

Mas o piloto de 25 anos não conquistou os títulos de 2013, 2014, 2016 e 2017 à toa e mostrou mais uma vez neste domingo por que é o grande nome da MotoGP na atualidade. Em 41min49s773, ele deixou os rivais para trás para faturar a terceira vitória em cinco provas na temporada, a terceira consecutiva.

A segunda colocação ficou com o italiano Danilo Petrucci, que conseguiu subir ao pódio pela primeira vez em 2018. Em terceiro, apareceu o italiano Valentino Rossi, multicampeão da categoria.

Apesar do triunfo, o início da prova deste domingo não foi nada fácil para Márquez. O espanhol largou mal e caiu para a quarta colocação. Outro que não teve uma saída favorável foi o italiano Andrea Iannone, quarto lugar no grid, que caiu logo depois dos primeiros movimentos e precisou abandonar.

Melhor para Jorge Lorenzo, que saiu da sexta posição para a ponta, deixando Zarco em segundo. Pouco depois, o espanhol foi ultrapassado pelo italiano Andrea Dovizioso, mas contou com a sorte porque o adversário caiu na sequência, também precisou abandonar e lhe devolveu a liderança.

Com Lorenzo na ponta, Zarco e Márquez brigavam pela segunda colocação. E o francês pareceu ter se incomodado com a pressão do adversário. Afinal, na oitava volta, sofreu uma queda e não teve condições de seguir na prova.

Era o que Márquez precisava para iniciar o ataque a Lorenzo. Com uma moto melhor, o tetracampeão foi cortando a distância até ultrapassar o rival. Ele ainda foi ajudado por Petrucci, que também se aproximou de Lorenzo e iniciou uma disputa pela segundo posição, o que o permitiu disparar na liderança.

Petrucci venceu a batalha com Lorenzo e assumiu a vice-liderança. Pouco depois, Valentino Rossi, que largara em nono, também cortou a diferença para o espanhol até ultrapassá-lo. Sem grandes sustos, o trio se garantiu no pódio, enquanto Lorenzo perdeu rendimento até terminar em sexto, atrás ainda de Jack Miller e Dani Pedrosa, quarto e quinto colocados, respectivamente.

Com mais uma vitória na categoria, Márquez disparou na liderança e chegou aos 95 pontos, 36 à frente de Maverick Viñales, que assumiu a segunda colocação após terminar em sétimo neste domingo. A terceira colocação é de Zarco, com 58 pontos, seguido por Rossi, com 56, e Petrucci, 54.

Agora, a MotoGP para por duas semanas até a próxima corrida. A categoria volta à ação no dia 3 de junho, com a disputa da etapa da Itália, que acontecerá no Circuito Internacional de Mugello.