• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Martine supera marca histórica do pai na Volvo Ocean Race: 'Estamos em pedaços'

  • COMPARTILHE
Esportes

Martine supera marca histórica do pai na Volvo Ocean Race: 'Estamos em pedaços'

A brasileira Martine Grael superou nesta sexta-feira o recorde do pai, Torben, na Volvo Ocean Race. O veleiro holandês Akzonobel, do qual a campeã olímpica faz parte, conseguiu percorrer 601,63 milhas náuticas no intervalo de um dia.

Na temporada 2008/09, Torben era o capitão do barco sueco Ericsson 4 e havia conseguido navegar 596 milhas náuticas em 24 horas. A marca de sua filha é ainda mais relevante se for levado em conta que os sete barcos da atual temporada possuem 65 pés, cinco a menos do que tinha o Ericsson 4 e, portanto, mais lentos.

O Akzonobel, na quinta-feira, já havia conseguido o recorde de velocidade entre barcos de 65 pés. Nesta sexta, após ter confirmado o feito no geral, Martine gravou um vídeo para comemorar. "Estou super feliz pela tripulação toda. Teve muita onda e estamos todos em pedaços", contou a brasileira.

A tendência, pelas condições de navegação no Oceano Atlântico, é que essa marca ainda seja quebrada novamente. O Akzonobel lidera a nona etapa, seguido pelos também holandeses do Team Brunel.

"Bom demais ver suas conquistas e recordes serem buscados e quebrados pelos filhos. O que a Martine conseguiu com o team Akzonobel é significativo levando-se em consideração que esses barcos de 65 pés são mais lentos e menores do que os nossos de 10 anos atrás", disse Torben Grael.

Dono de cinco medalhas olímpicas e do título de Volvo Ocean Race na temporada 2008/2009, Torben comentou como devem estar os tripulantes do Akzonobel neste momento, a alguns dias do término da regata - a previsão de chegada inicialmente era terça-feira, mas a organização já fala que os primeiros barcos podem aparecer no porto de Cardiff, no País de Gales, na noite de segunda.

"Sei como são as condições durante esses períodos à bordo. Entendo que todos estarão bastante cansados agora, mas é uma sensação indescritível percorrer 600 milhas náuticas em 24 horas. São 1.110 km aproximadamente em um barco à vela no oceano. É também mais uma conquista pessoal impressionante para carreira dela".

Na classificação geral, o barco espanhol da Mapfre está na liderança, três pontos à frente do veleiro chinês Dongfeng Race. O Akzonobel, de Martine Grael, está em quarto lugar.