• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mascherano vê Argentina fora da lista de favoritos: 'É um erro pensar na final'

  • COMPARTILHE
Esportes

Mascherano vê Argentina fora da lista de favoritos: 'É um erro pensar na final'

Os convocados da seleção argentina iniciaram a preparação para o Mundial na cidade de Ezeiza, a cerca de 30 quilômetros de Buenos Aires.


O volante Javier Mascherano concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira, após o terceiro dia de treinamento da seleção argentina em preparação para a Copa do Mundo da Rússia. Na conversa com os jornalistas, ele admitiu que o time não chega em sua melhor forma e que é fundamental uma vitória contra a Islândia na estreia.

"Seria um erro já pensar em chegar na final", afirmou. "A primeira partida vai ser fundamental para nos dar confiança. Temos que nos dedicar inteiramente a chegar da melhor maneira para essa partida", prosseguiu.

Mascherano, de 33 anos, disputará sua quarta Copa do Mundo. O jogador tem experiência para até discordar de Messi, que declarou que a Argentina está entre os quatro favoritos junto com Espanha, Alemanha e Brasil.

"Preciso ser realista. Há outras seleções que estão em grande nível e nós até agora não demonstramos estar nesse mesmo nível. Isso não significa que a Argentina não possa ser competitiva. O jogador argentino tem sempre uma força a mais e por isso é requisitado no mundo inteiro. Está claro que temos muitas coisas para melhorar para chegar ótimos no início do Mundial", disse.

O técnico Jorge Sampaoli ainda não tem definido quem serão os titulares da equipe. Os três primeiros dias de treinamento foram mais destinados à parte física. Mascherano também minimizou a importância de ser titular.

"Minha situação não é a mesma de quatro anos atrás. Mas isso não significa que não possa seguir atuando em um bom nível", disse. "Sou um soldado. Estou disponível para o que o treinador necessitar. Esse é minha missão hoje em dia. Competi por toda a minha vida e é meu dever deixar o treinador com a difícil tarefa de definir a equipe", opinou.

Os convocados da seleção argentina iniciaram a preparação para o Mundial na cidade de Ezeiza, a cerca de 30 quilômetros de Buenos Aires, onde fica o Centro de Treinamento da Associação de Futebol da Argentina (AFA).

A equipe já conta com uma baixa da lista inicial. Na terça-feira, o goleiro Sergio Romero foi cortado por uma lesão no joelho e em seu lugar foi confirmado Nahuel Guzmán, de 32 anos, titular do Tigres, do México.

"Não podemos estar pensando em ser campeões do mundo, mas temos que chegar da melhor maneira e ganhar confiança jogo a jogo por conta da nossa situação", insistiu. É fundamental começar bem a Copa e ir nos concentrando passo a passo. A partir daí o Mundial vai te mostrando o caminho", finalizou.

Bicampeã do mundo em 1978 e em 1986, a seleção argentina está no Grupo D e estreia na Copa do Mundo em 16 de junho, em Moscou, contra a Islândia, uma estreante em Mundial. Também integram a chave a Nigéria e a Croácia.