• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mogi das Cruzes vence o Flamengo em casa e avança pela 1ª vez à final do NBB

  • COMPARTILHE
Esportes

Mogi das Cruzes vence o Flamengo em casa e avança pela 1ª vez à final do NBB

Apoiado por uma torcida que lotou completamente o ginásio Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes (SP), o Mogi venceu o Flamengo por 89 a 72, na tarde deste sábado, e conquistou pela primeira vez em sua história uma vaga na final do Novo Basquete Brasil (NBB), a principal competição da modalidade no País.

Com o resultado, a equipe paulista fechou em 3 a 1 a série melhor de cinco jogos da semifinal e quebrou um tabu, pois anteriormente havia sido eliminada em outros três confrontos que valeram vaga na grande decisão do torneio nacional.

Uma destas derrotas foi justamente para o Flamengo, na temporada 2015/2016, sendo que naquela ocasião o time também foi para o Jogo 4 da semifinal com chance de liquidar a série em 3 a 1, mas foi derrotado e acabou depois sendo batido na quinta e última partida e ficou fora da decisão.

Agora classificado, o Mogi aguarda pela definição do seu próximo adversário, que sairá do confronto entre Paulistano e Bauru, nesta segunda-feira, às 19h30, em São Paulo. As duas equipes estão empatadas em 2 a 2 nesta série.

A partida deste sábado foi marcada pelo equilíbrio nos dois primeiros períodos, sendo que na inicial Anderson Varejão se destacou como autor de dez pontos pelo Flamengo, mas o Mogi terminou esta parte do duelo em vantagem de 17 a 15, graças a duas bolas da linha dos três pontos convertidas por Shamell.

No segundo quarto, Varejão seguiu exibindo boa atuação e o time carioca passou a dominar, mas o norte-americano também se mantinha bem e colocou a equipe da casa na frente nos segundos finais do período. Entretanto, com uma incrível cesta de Marquinhos, que acertou um arremesso em que a bola partiu do outro lado da quadra no estouro do cronômetro, os visitantes passaram a liderar por 37 a 36.

Entretanto, a partir do terceiro quarto, o Mogi passou a fazer valer o fator quadra com autoridade e, com bom aproveitamento nos chutes da linha dos três pontos e Shamell somando 13 pontos em 13 possíveis com suas tentativas, abriu 12 de vantagem e terminou vencendo por 62 a 51.

Assim, ganhou tranquilidade para deslanchar ainda mais no quarto final, completamente dominado pelos mandantes. Grande nome do jogo, o cestinha Shamell somou mais 13 pontos e terminou a partida com 40. Desta forma, o time da casa administrou com tranquilidade a sua larga vantagem, que chegou a ser de 20 pontos, e finalizou o duelo vencendo por 89 a 72.