• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mourinho diz que esperará até o 'último momento' para contar com Lukaku em final

  • COMPARTILHE
Esportes

Mourinho diz que esperará até o 'último momento' para contar com Lukaku em final

Lukaku ficou fora dos últimos três jogos da equipe por causa de uma lesão no tornozelo sofrida em uma vitória sobre o Arsenal, no mês passado

O técnico José Mourinho afirmou nesta sexta-feira que vai esperar até o "último momento" pela recuperação do atacante Romelu Lukaku para poder escalar o jogador belga no Manchester United contra o Chelsea na final da Copa da Inglaterra, neste sábado, às 13h15 (de Brasília), no estádio de Wembley, em Londres.

Lukaku ficou fora dos últimos três jogos da equipe por causa de uma lesão no tornozelo sofrida em uma vitória sobre o Arsenal, no mês passado, e ainda segue como dúvida para o confronto decisivo que fechará a temporada do futebol da Inglaterra.

O treinador português falou sobre o belga ao mesmo tempo em que confirmou a recuperação do atacante francês Anthony Martial, que havia se lesionado em um treino realizado antes da partida contra o Watford, no último domingo, pela rodada final do Campeonato Inglês.

"Martial está apto para jogar e Lukaku nós temos de esperar até o último momento. Eu não quero mentir para vocês (jornalistas) e dizer que ele vai jogar ou não vai jogar ou vice-versa. Então, sobre Lukaku, nós temos de esperar", afirmou o comandante em entrevista coletiva concedida no estádio de Wembley.

Lukaku é o maior artilheiro do United nesta temporada, com 27 gols marcados, e não é o único jogador belga do time com problema de lesão antes desta decisão de sábado. O meio-campista Marouane Fellaini também ficou fora das duas últimas partidas da equipe, mas viajou com a delegação do clube até Londres visando o confronto.

Mourinho buscará neste sábado o seu terceiro título como técnico do United, com o qual foi campeão da Liga Europa e da Copa da Liga Inglesa na temporada passada. E na jornada 2017/2018 do futebol europeu, o treinador levou a equipe ao vice-campeonato inglês, melhor posição alcançada pelo clube nos últimos cinco anos.

O português ainda reduziu a pressão sobre ele e os seus jogadores ao negar nesta sexta-feira que uma derrota para o Chelsea nesta final tornaria esta temporada fracassada para o United. Ele enfatizou que o desempenho da equipe precisa ser analisado levando em conta todo este período e não apenas o resultado de uma decisão.

"É claro que isso (a conquista do título) faz uma diferença, mas uma coisa é fazer a diferença e outra coisa é considerar uma temporada boa ou ruim por causa de um jogo", disse Mourinho. "Eu sei o que os meus jogadores fizeram. Eu sei o esforço que eles entregaram. As coisas positivas, as coisas negativas. Eu não vou mudar a minha opinião (sobre a temporada) por um único jogo, de maneira nenhuma", reforçou.