• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Nadal bate Zverev, leva oitavo título em Roma e voltará a liderar ranking

  • COMPARTILHE
Esportes

Nadal bate Zverev, leva oitavo título em Roma e voltará a liderar ranking

O espanhol Rafael Nadal conquistou pela oitava vez o título do Masters 1000 de Roma, evento realizado em quadras de saibro. Neste domingo, em uma partida marcada pela oscilação dos tenistas, o número 2 do mundo derrotou o alemão Alexander Zverev, o terceiro colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 1/6 e 6/3, em 2 horas e 9 minutos.

O título deste domingo teve peso especial por garantir ao espanhol a retomada da liderança do ranking mundial do tênis, ultrapassando o suíço Roger Federer na atualização da lista na próxima segunda-feira, status que ele manterá até Roland Garros. E a conquista deste domingo foi a 32ª da carreira de Nadal em Masters 1000, um recorde no tênis, com dois de vantagem para o sérvio Novak Djokovic.

Zverev havia sido campeão em Roma no ano passado, mas não conseguiu resistir a Nadal numa decisão em que os tenistas oscilaram bastante nos dois primeiros sets e que chegou a ser interrompida pela chuva na terceira parcial. Assim, o espanhol venceu o evento italiano pela oitava vez, sendo a primeira desde 2013. Já o alemão, que vinha de títulos em Munique e Madri, viu ser interrompida a sua sequência de 14 vitórias no saibro.

Nadal havia vencido os quatro duelos anteriores diante de Zverev, mas viu o alemão começar o duelo melhor e obter uma quebra de serviço logo no game inicial. Mas ficou nisso. O alemão passou a cometer muitos erros, exibiu irritação com os seus vacilos e o espanhol aproveitou. Conseguiu três quebras de serviço em sequência e fechou a parcial em 6/1.

Mas Zverev reagiu no segundo set. Nadal não conseguiu exibir a sua costumeira intensidade e falhou até mesmo em longas trocas de bolas. O alemão não desperdiçou a oportunidade de reagir na final e converteu break points no segundo e quarto games, abrindo 5/0. O espanhol ainda evitou o "pneu", mas não impediu que o alemão repetisse o placar de 6/1, empatando o jogo.

A definição da final, então, ficou para o terceiro set. E, embalado, Zverev largou com uma quebra de serviço. O alemão chegou a abrir 3/1 e viu o jogo ser brevemente paralisado no após o quinto game, em função da chuva. O duelo foi retomado, mas depois parou novamente, por um período maior, em função da chuva.

No novo retorno, após quase cerca de 50 minutos, no sexto game, Nadal devolveu a quebra de serviço de Zverev, mostrando estar melhor adpatado às condições da quadra, que ficou mais pesada. O espanhol converteria mais um break point, no oitavo game, depois confirmando o seu saque para fechar a parcial em 6/3 e o jogo em 2 a 1. Assim, foi mais uma vez campeão do Masters 1000 de Roma.