• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ordem no América-MG é reagir em casa para ficar longe da zona de rebaixamento

  • COMPARTILHE
Esportes

Ordem no América-MG é reagir em casa para ficar longe da zona de rebaixamento

Insatisfeito com a sequência negativa do América-MG no Campeonato Brasileiro, o técnico Enderson Moreira já deu o recado aos seus jogadores: no estádio Independência, em Belo Horizonte, quem manda é o seu time. Junto com a mensagem, ele também deu pistas claras de que vai promover mudanças nos três setores diante do Botafogo, neste domingo, às 16 horas, pela sexta rodada. Com sete pontos, quer ficar longe da zona do rebaixamento.

"Nós não podemos aceitar os resultados ruins como normais. É preciso reagir, por isso é possível que a gente faça algumas mudanças", avisou o treinador, que não fez questão de esconder as experiências feitas durante o treino apronto, na última sexta-feira, no CT Lanna Drummond, em Belo Horizonte.

Esta foi a sua reação para o empate por 2 a 2 com o Ceará, em Fortaleza, depois que o time abriu a vantagem de 2 a 0. "Num campeonato difícil como este, não podemos nos dar ao luxo de perdemos chances de vencer", justificou Enderson Moreira. Ele quer o time mais atento na marcação, exige a posse de bola e pontaria nas finalizações.

Norberto vai entrar na lateral direita e Aderlan, que enfrentou o Ceará, passa a atuar no meio de campo no lugar de Marquinhos. O setor também vai ter a entrada de Zé Ricardo ao lado de Leandro Donizete e Serginho. Mas a principal novidade acontece no ataque, com a entrada de Judivan na vaga de Aylon. A expectativa era pela entrada do experiente Rafael Moura, que continua como opção para o segundo tempo.

Se o time mineiro não vence há três rodadas em jogos longe de casa, com derrotas para Vasco (4 a 1) e Flamengo (2 a 0), além do empate por 2 a 2 com o Ceará, o fato é que as duas vitórias americanas foram conquistadas no estádio Independência: 3 a 0 no Sport e 2 a 1 no Vitória.