• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Roger torce por permanência de Carille, mas diz que chance pode ser única

  • COMPARTILHE
Esportes

Roger torce por permanência de Carille, mas diz que chance pode ser única

O futuro de Fábio Carille foi um dos temas mais comentados durante a entrevista coletiva do atacante Roger, nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava. Autor do gol do empate do Corinthians por 1 a 1 com o Sport, o seu primeiro pelo clube, o atacante torce pela permanência do treinador, que interessa ao Al-Hilal, mas ponderou que a oferta pode ser difícil de recusar.

"Minha torcida é para que ele permaneça, mas as oportunidades no futebol aparecem e às vezes são únicas. Que seja bom para todo mundo e minha torcida é para que ele permaneça", disse o jogador.

Roger defendeu o Al-Nassr, da Arábia Saudita, na temporada 2007/2008. Ele garante que não trocaria o Corinthians por uma oferta financeira melhor no momento, mas voltou a dizer que é necessário entender caso o treinador decida deixar o clube.

"É difícil (sair). Vivo um momento legal na minha vida profissional e financeira. Teria que ser como o Carille disse, de 'dois caminhões'. Eu brinco que no meu caso não precisariam ser dois. Hoje, eu não trocaria. Mas é uma coisa individual. Estamos falando de um cara 'top' no futebol. São oportunidades que aparecem e no futebol pode ser única", analisou.

A possível saída do treinador pode ser prejudicial para a equipe, na visão do atacante, que não poderá atuar na quinta-feira, contra o Millonarios, por não ter sido inscrito na fase de grupos da Libertadores.

"Acho que o Corinthians perderia um cara que tem o grupo na mão, extremamente trabalhador e honesto, que trata todo mundo com respeito. Perderia um excelente profissional, mas também uma excelente pessoa. Quanto à oportunidade de vida, todo mundo nessa sala espera dia 1º ou dia 5 com alegria. A oportunidade às vezes aparece e tem que pegar. Visibilidade nessas horas importa menos, o Carille tem família e sonhos", comentou.

De acordo com a imprensa árabe, o Al-Hilal deve fechar com Jorge Jesus, técnico do Sporting, mas o nome de Fábio Carille ainda não foi descartado. Após o jogo com o Sport, o treinador brasileiro criticou a imprensa e disse que não há nenhuma proposta, embora tenha dito anteriormente que havia a possibilidade de chegar uma oferta oficial e confidenciou ao seu pai que a oferta era muito boa para recusar.