• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Seleção faz treino com torcida e tumulto na entrada da Granja Comary

  • COMPARTILHE
Esportes

Seleção faz treino com torcida e tumulto na entrada da Granja Comary

O treino aberto à torcida não estava programado, mas havia sido sinalizado pelo coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, na última segunda-feira.



A última atividade aberta da seleção brasileira, em Teresópolis, neste período inicial de preparação para a Copa do Mundo da Rússia foi acompanhada por festa e tumulto. No início da tarde desta sexta-feira, durante quase duas horas, pelo menos 200 torcedores se aglomeraram no portão de acesso à Granja Comary, na expectativa de acompanhar o treino. O portão de acesso ao condomínio - além do CT, a Granja também abriga casas - precisou ser fechado pelos seguranças e houve tentativa de invasão. O acesso só foi liberado às 15 horas.

O treino aberto à torcida não estava programado, mas havia sido sinalizado pelo coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, na última segunda-feira. A intenção era afastar o sentimento de que a seleção estivesse enclausurada em Teresópolis, afastada de seu torcedor.

Até a noite de quinta-feira, a entidade não havia confirmado a atividade aberta. Mas torcedores que tentavam acessar o CT afirmaram que a segurança em frente ao condomínio informara na quarta-feira que o treino desta sexta seria liberado ao público.

Em vista disso, um torcedor chegou à frente da Granja Comary às 7h da manhã. Com a chegada de mais pessoas, ele tomou a iniciativa de organizar a fila. "Peguei um papel e uma caneta e começamos a organizar uma lista. Essa lista fechou com 390 nomes, aí um policial pegou e começou a chamar nome por nome", contou Ryan Souza, de 22 anos. Ele viajou de São Gonçalo, na Baixada Fluminense, a Teresópolis ainda na segunda-feira.

Desde então, disse estar dormindo na rodoviária com a namorada, Nathalia de Mattos Neiva, de 21 anos, e vivendo à base de bolos e biscoitos. "Tudo isso pra ver a seleção."

O problema é que menos da metade das pessoas que colocaram o nome na lista conseguiram entrar. A partir disso, torcedores começaram a pressionar para também poderem acompanhar o treino. A Polícia Militar foi chamada. Às 15h, a CBF decidiu liberar o acesso de todos. Sem espaço para todos, os torcedores acabaram se aglomerando junto ao alambrado.

Familiares de jogadores também marcaram presença na torcida nesta sexta-feira. O helicóptero particular de Neymar, por exemplo, pousou duas vezes na Granja Comary para levar parentes e amigos. A seleção brasileira fará a sua estreia na Copa do Mundo no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov.