• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Seleção feminina de vôlei bate Turquia e conquista 3ª vitória na Liga das Nações

  • COMPARTILHE
Esportes

Seleção feminina de vôlei bate Turquia e conquista 3ª vitória na Liga das Nações

O triunfo empolgou as jogadoras turcas e a sua torcida para o quarto set. As donas da casa conseguiram manter o quarto set equilibrado até o final, mas Tandara fez a diferença para garantir o triunfo brasileiro por 25/21

A seleção brasileira feminina de vôlei derrubou uma das equipes invictas na Liga das Nações. Nesta terça-feira, pela segunda semana da competição, a equipe dirigida por José Roberto Guimarães derrotou a Turquia por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 25/19, 23/25 e 25/21, em 2 horas e 7 minutos.

A Turquia venceu os três primeiros jogos que fez na Liga das Nações, assim como a Holanda, que nesta terça-feira fez 3 a 2 na Bélgica em Toyota, somando o seu quarto triunfo e agora tendo o status de única equipe invicta na competição por causa da vitória brasileira em Ancara.

O duelo com a Turquia marcou a estreia do Brasil na segunda semana da Liga das Nações, sendo que a equipe participa do Grupo 8, que também conta com Argentina e República Dominicana. E no jogo desta terça-feira, o técnico José Roberto Guimarães repetiu a formação do compromisso anterior, o triunfo por 3 a 1 sobre a Sérvia, em Goiânia.

Assim, o Brasil iniciou a partida com Roberta, Adenízia, Gabi, Amanda, Tandara, Ana Beatriz e a libero Suelen como titulares. Porém, Drussyla foi titular no segundo e terceiro sets, entrando na vaga de Gabi. E Zé Roberto também utilizou Monique, Macris e Ana Carolina durante o jogo. Tandara brilhou ao marcar 25 pontos pela seleção, enquanto Drussyla se destacou com 16. Já Eda Erden foi o destaque da Turquia com 14 pontos.

O início do jogo foi fácil para a seleção. A equipe chegou a abrir vantagem de 13/6 no primeiro set, se aproveitando dos erros na recepção das turcas e também contando com boa atuação de Tandara. E fechou a parcial em 25/17 com um ataque de Adenízia.

O segundo set foi mais equilibrado, mas o Brasil teve quase sempre a dianteira no placar. E deslanchou no final graças ao grande desempenho de Drussyla, a substituta de Gabi, que fez seis dos últimos sete pontos do Brasil, que venceu por 25/19 para abrir 2 a 0.

O terceiro set acabou ficando marcado pela grande oscilação das equipes. As turcas começaram bem melhores e abriram 8/3, mas as brasileiras reagiram e chegaram a assumir a dianteira do placar. Porém, a seleção errou nos momentos decisivos e acabou sendo batida por 25/23.

O triunfo empolgou as jogadoras turcas e a sua torcida para o quarto set. As donas da casa conseguiram manter o quarto set equilibrado até o final, mas Tandara fez a diferença para garantir o triunfo brasileiro por 25/21, fechando o jogo em 3 a 1.

O Brasil havia começado a sua participação na Liga das Nações na semana passada, em Goiânia, onde venceu Japão e Sérvia, tendo perdido para a Alemanha no seu jogo de estreia. Agora, então, passa a somar três vitórias em quatro jogos, tendo nove pontos, em quinto lugar na classificação geral.

A fase de classificação da Liga das Nações é disputada em cinco semanas, com as 16 equipes participantes divididas em quatro grupos de quatro seleções em cada uma delas. As cinco melhores equipes na classificação geral, além da China, se garantem na fase final, marcada para Nanquim.

Depois de encarar a Turquia, o Brasil ainda fará outros dois jogos em Ancara. A equipe terá pela frente a Argentina, na quarta-feira, às 8 horas (de Brasília), e a República Dominicana, na quinta, no mesmo horário.